Translator

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

PIROPOS DE HOMENS A MULHERES E CONSEQUÊNCIAS

.


.
Hoje na Praça da Alegria foram discutidos os “piropos” entre o Manuel Serrão e uma senhora que escreveu um livro em cima da matéria, cujo o Porto é famoso neste género de saudações, passageiras, de homens para mulheres, bonitas porque às menos belas e velhas ninguém lhos dirige.
.
Conheço uma série de piropos e vou aqui designar três:
No meu tempo de rapaz e marçano no Porto foram passados uns três e daqueles de fazer corar um guarda nocturno.
.
No Café Paladium, na Rua de Santa Catarina a fazer esquina com a Passos Manuel, no intervalo das duas horas de almoço, um grupo, cáustico, de “pi-pis” da tabela, arranjadinhos de fato, camisa, gravata, cabelo empastada de brilhantina rasca e risca ao meio, quedavam-se por ali para observarem as caixeirinhas da Camisaria Confiança e de escritórios que pela rua havia.
-
Um dia passou uma moça bonita e um daqueles “piropeiros” diz:
- “abençoado pai que assim fez uma filha...!!! De momento a bela, caminhante, não ligou importância, mas quase automaticamente, vira-se para trás e dirige-se ao matulão:
- “ouça lá, você queria ter uma irmã igual a mim? Olhe diga à sua mãe que passe lá por casa que o meu pai faz-lhe uma igualzinha a mim!
.
Outra: Uma rapariga, passa junto com suas colegas e numa mão um caule de couve com umas folhas e uma flor branca. Um rapaz pergunta-lhe:
- ouça menina o que é que leva não? Não vê que é uma couve! E o moço entra:
- sabe a menina o que uma couve? Não sei... responde-lhe a moça meia chatiada. Eu digo-lhe:
- a couve é pesada no toro e leve no olho. A moça de momento não traduziu o sentido das palavras e... em voz alta e a bom som!
- ah seu f******* da p******* no olho leva você seu grande paneleiro!
.
A última: Um casal passa junto aos piropeiros cuja senhora era bonita. Um entre o grupo disse em surdina:
é pá que mulher boa... Só que teve azar que o marido ouviu vai direito ao prevericador, manda-lhe uma “bujarda” na tromba e diz-lhe:
- é boa é mas é minha!
José Martins

O LUIS AMADO..... UMA DESGRAÇA DIPLOMÁTICA!

"As rocambolescas acções do Luizinho (cada vez mais mal-amado) de Porto-de-Mós)

Impressão digital de Luis Amado

Felizmente o Ministro Luís Amado esqueceu-se que, para assinar o acordo com os EUA para lhes oferecer todos os dados, da impressão digital ao perfil de ADN dos cidadãos portugueses em nome da luta contra o terrorismo, tinha de ter o acordo da Comissão Nacional de Protecção de Dados. Felizmente porque agora veio essa comissão chumbar o acordo por considerar "abusivo, excessivo, demasiado genérico, [de] difícil controlo de pesquisas indevidas, sem garantia da protecção dos dados [...] e [falho] de salvaguarda da pena de morte". São voos da CIA, Guantanamo, informações secretas, tudo oferecemos mesmo à revelia das posições da União Europeia. Esta subserviência deste governo aos EUA já fede.

LUIS AMADO E A PROTECÇÃO AOS SEUS "AMIGUITOS" DA PEITAÇA

Clique na imagem para ler esta "MERDA"

NO TEMPO DE SALAZAR FOI ASSIM...!!! E AGORA ESTÁ MELHOR?

.
Assim era no tempo de Salazar... Mas não venham afirmar que os portugueses eram uns desgraçadinhos, coitadinhos, que até o pão tinha quer ser racionado pelo ditador... Nada disso! É que na Europa grassava uma guerra terrível e para que os portugueses fossem livres da hecatombe, seguiam para a Europa comboios carregados de alimentos. Salazar jogou (com pau de dois bicos) com a Inglaterra e a Alemanha. Ficou célebre a sua frase: "da guerra vos vou livrar, mas da fome não". Os portugueses para ser "gente" porreira e viver, decentemente e como deve ser: "uma fatia de pão, meia sardinha e lambada no costelado."
Clique na imagem

VENEZUELA: PANCADARIA NO PARLAMENTO

Políticos: Briga Parlamento Venezuela

Os políticos na Venezuela chegaram às vias do facto, no parlamento, sobre os planos do presidente Hugo Chávez para o país.



Os combates começaram depois do Partido Socialista MP Henrique Ventura tentou remover a oposição membro Alfonso Marquina do pódio do orador.

Eles logo foram acompanhados por vários outros políticos e funcionários parlamentares que trocaram socos e empurrou o outro por vários minutos.

A briga foi transmitida ao vivo pela televisão da Venezuela e de toda a rádio estações através de um sistema obrigatório ligar frequentemente utilizados pelo presidente para difundir seus discursos à nação.

A transmissão foi interrompida abruptamente e transmitida pela a maioria dos ,canais de televisão, logo após a violência

SCUTS SÃO SÓ PARA PORTUGUÊS PAGAR!!!

.
Como se pode ler na notícia do FARO DE VIGO, o sistema informático só está preparado para cobrar às matrículas portuguesas ...
Clique no recorte para o ler

FIGO: "O CHOCOLATE CHAMADO DINHEIRO DEIXOU-O LIXADO"


AS SUAS NOTÍCIAS DO DIA 11.02.11

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Galp Energia com lucro de 43% em 2010
Café pago entre os 50 e 55 cêntimos tem os dias contados
Farmácias participam em recolha de medicamentos
Bolsa abre a cair
Pim anima Clube Estefânia

Capa do Público Público

Nova demissão no Opart complica ida de Canavilhas à AR
Real vai oferecer 60 milhões por Fàbregas
Marques Mendes e Pacheco Pereira rejeitam moção de censura
“Funcionamos como uma fábrica de acabamentos”
Jafar Panahi escreve carta aberta aos cineastas do mundo

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

CTT acusam Mercedes de falsificar selos
Padre denuncia falsa doente de cancro
Sete em cada dez universitários copiam
Oficial gay da GNR pediu mudança de serviço
Barcos da Soflusa parados devido à greve

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Murros no parlamento da Venezuela
PSD deverá travar moção de censura do Bloco de Esquerda
Mourinho diz que troféu dos filhos para "melhor pai do mundo" é o preferido
Egipto espera hoje comunicado importante das Forças Armadas
Lucro da Galp Energia aumentou 43% em 2010

Capa do i i

Mãe biológica ainda pode recuperar filho adoptado
30 colégios privados rejeitam o acordo com o Ministério
Todos contra Alçada. Professores, pais, alunos e afins marcham em todo o país contra cortes nas escolas
Moção de censura. PSD prepara-se para não deixar cair Sócrates em Março
Eles copiam e não são apanhados. 70% de cábulas na universidade

Capa do Diário Económico Diário Económico

Santana diz que moção do Bloco é "inconcebível"
Moção é novo factor para a "quebra de confiança" dos mercados
Risco de Portugal agrava-se para cima de 7,3%
Governo promove negócios de empresas nacionais em Moçambique e na América Latina
O que diz a imprensa internacional da crise portuguesa

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Nokia e Microsoft confirmam parceria para enfrentar Apple e Google
Lucros da Total crescem 23% no quarto trimestre
Vídeo: Saúde está a ficar mais cara
Galp sobe mais de 2% e impulsiona bolsa nacional
Vídeo: Bolsa nacional cai no início da sessão

Capa do Oje Oje

Adesão de 100% deixa barcos da Soflusa parados, diz sindicato
João Miguel Domingos: “Queremos chegar, durante este ano, aos EUA, Canadá e Espanha"
Lucrar com Valores: Liberdade de educação
PSI20 inverte para terreno positivo com Galp Energia
Preço do café para o consumidor vai subir, diz AHRESP

Capa do Destak Destak

Comunidade 'gay' aplaude Ricky Martin
Cuidado com elas que andam à solta por aí
Foi assim que o sonho começou
Amado hoje em Nova Iorque para 1ª reunião como membro do Conselho de Segurança
Cancro da mama é o mais prevalente entre os animais

Capa do A Bola A Bola

Maxi Pereira perto de renovar
Dany Massunguna é a surpresa de Lito Vidigal
Benfica: taça Intercontinental joga-se em Madrid
Carlitos garante equipa em grande
Renovações a partir de Março

Capa do Record Record

Proposta do Liverpool por Benzema rejeitada
Ronaldo: «O meu filho é lindo»
Lakers vencem na noite em que Allen fez história
Ronaldo: «Se virem as minhas pernas...»
Ray Allen recordista de triplos

Capa do O Jogo O Jogo

Rui Machado eliminado por Nicolás Almagro nos ‘quartos’ do Costa do Sauípe
John Waller regressa ao Ovarense
Gignac não aceita prémios de jogo referentes ao Mundial-2010
Carlitos: “Este pode ser o jogo das nossas vidas”
Bortolo Mutti é o novo treinador do Bari

EGIPTO: MUBARAK RECUSA DEMITIR-SE

Presidente egípcio promete permanecer no cargo até que seu mandato termine em Setembro, e não se vai curvar à 'pressão externa'.
Última modificação: 11 de fevereiro de 2011 01:40 GMT

Hosni Mubarak, presidente egípcio em apuros, por se recusar a renunciar de seu posto, dizendo que ele não vai ceder à "pressão externa", em um discurso televisionado à nação na noite de quinta-feira.

Colocar a descansar especulação, generalizada, de que ele vai sair, Mubarak anunciou que estava com a delegação de algumas autoridades para o seu novo vice-presidente, Omar Suleiman, um confidente próximo.

Em um discurso muito aguardado, Mubarak disse que tinha colocado num quadro que levaria à alteração de seis artigos constitucionais (incluindo os artigos 77, 88, 93 e 189, e à anulação do artigo 179).

"Eu não posso e não aceitará ordens ditadas de fora, não importa qual é a fonte", disse Mubarak.

Ele disse que estava dirigindo o seu povo com um "discurso do coração".

Mubarak disse que está "totalmente comprometida em cumprir todas as promessas" que ele tem feito anteriormente a respeito da reforma constitucional e política.

CABO VERDE – LEGISLATIVAS 2011

.

Jorge Morbey
.
Cerca de seis meses antes das eleições legislativas em Cabo Verde que tiveram lugar no passado dia 6 de Fevereiro, pressentia-se um certo desejo de mudança. O PAICV (Partido Africano para a Independência de Cabo Verde) completaria duas legislaturas no Governo do País, com maioria absoluta na Assembleia Nacional.
.
Era possível que, dez anos depois, o Mpd (Movimento para a Democracia) voltasse a governar, também com maioria absoluta, como acontecera entre 1991 e 2001.
.
Apesar de o peso relativo do eleitorado da Ilha de Santiago ser determinante, por lhe caber a eleição de 33 dos 72 deputados que compõem a Assembleia Nacional e da maioria que tradicionalmente o PAICV alcança na Ilha do Fogo que elege 6 deputados, a contabilidade pré-eleitoral apontava para a possibilidade da mudança política nestas eleições vir a ser determinada pelo eleitorado da Ilha de S. Vicente que elege apenas 11 deputados, isto é, um terço dos deputados eleitos por Santiago.
.
Este desejo ou previsão assentava no alegado abandono de S. Vicente pelo Governo do PAICV, nos últimos dez anos, que sofreria uma estrondosa derrota na mesma Ilha. Pouco atraído por este tipo de aritmética pré-eleitoral e tendo em conta os ciclos de governação desde a instauração do regime democrático em Cabo Verde, admiti a probabilidade de os dois partidos que têm alternado no Poder estarem sujeitos a uma regra de prazo de validade com a duração de dois mandatos para o seu exercício.
.
Tal regra derivaria da existência em Cabo Verde de questões estruturais de tal dimensão cuja solução não estava ao alcance de nenhum governo. Fosse de que partido fosse. Daí que, ao fim do segundo mandato, o eleitorado se pronunciava no sentido da mudança. Como o doente que não sente melhoras e procura outro médico.
.
No seu relatório de Janeiro de 2011, a Economist Intelligence Unit previa que o partido no governo, o PAICV, “deverá ganhar as eleições legislativas e presidenciais, previstas para Fevereiro e Agosto de 2011, respectivamente”. As previsões da Economist Intelligence Unit acertaram na vitória do PAICV nas legislativas de 2011.
.
Falhou a aritmética pré-eleitoral que conferia a S. Vicente o papel de carrasco do PAICV. Este partido acabaria por eleger em S. Vicente 5 deputados, o MpD 4, e a União Cabo-Verdiana Independente e Democrática (UCID) 2. Embora a contagem dos votos ainda não tenha fechado é previsível que os 72 lugares da Assembleia Nacional sejam distribuídos pelo PAICV – 37, MpD - 33, e UCID - 2.
.
Na região de Santiago Sul o PAICV elegeu 10 deputados e o MpD 9. Em Santiago Norte a distribuição ficou nos oito (PAICV) e seis (MpD). O PAICV ganhou também no Fogo com três deputados, contra dois do MpD. Na Ilha do Sal foi o MpD que conquistou dois dos três lugares de deputados, ficando o terceiro para o PAICV.
.
Nos restantes círculos eleitorais o número de deputados resultou num empate entre os dois maiores partidos. Santo Antão (3-3), São Nicolau, Boa Vista, Maio e Brava (1 -1).
Na diáspora cada um dos dois maiores partidos conquistou um deputado por cada círculo eleitoral: África, Américas, e Europa e Resto do Mundo. A abstenção situou-se nos 22,5 por cento.
.
Apesar de renovar a maioria absoluta, o PAICV ficou com menos quatro deputados em relação à legislatura anterior, o que corresponde ao ganho do MpD, uma vez que a UCID manteve os dois assentos que tinha anteriormente. A erosão que o exercício do Poder causa habitualmente, mede-se pelos quatro deputados que o PAICV perdeu para o MpD. Mas, ainda assim, conservou a maioria absoluta.
.
E isso é muito importante. Porque caiu por terra a teoria do prazo de validade de dois mandatos para a alternância no governo. Mas, principalmente, porque isso constitui um sinal claro de que, à medida que o tempo vem correndo na vigência da II República, ainda que com a enorme escassez de recursos do País, as tais questões estruturais gigantescas que, aparentemente, nenhum governo de nenhum partido conseguia resolver têm sido progressivamente controladas ou estão em vias de solução: o combate à pobreza, a luta pelo desenvolvimento, o progresso na educação e na qualificação dos recursos humanos, na saúde e bem estar social, no crescimento económico e na justa distribuição da riqueza produzida. Enfim, na felicidade individual e colectiva dos caboverdeanos.
.
Numa análise de longo prazo, que decorre desde 5 de Julho de 1975 até aos nossos dias (2009) o PIB per capita em Cabo Verde cresceu 16 vezes. De 190 US dólares para 3.010 US dólares. Isto foi obra continuada dos sucessivos governos desde a Independência. Arrefecidos os calores próprios das campanhas eleitorais é isto que conta e que é razão para o júbilo de todos os caboverdeanos.

PAÍS MISERÁVEL, GENTE MISERÁVEL, SERVIÇOS PÚBLICOS INQUALIFICÁVEIS…



Por Eduardo Pitta
.
O thriller da DGI
,
Augusta Duarte Martinho tinha 88 anos quando foi vista pela última vez no Verão de 2002. Teria hoje 96. Anteontem, o seu cadáver (e o do cão com quem vivia) foi encontrado em casa, num prédio da Rinchoa onde vivem quinze famílias.
.
A Rinchoa tem cerca de trinta mil habitantes. Não estamos a falar da aldeia de Cova de Lua e outras parecidas, sem ofensa para esses lugares semi-desertos. Durante mais de oito anos, Augusta Duarte Martinho não foi vista por ninguém (incluindo cinco sobrinhos e o primo que a levava ao médico), não levantou os vales da pensão da Segurança Social, não pagou as despesas de condomínio, não cumpriu as obrigações ficais.
.
Dívida: 1475 euros. Por não ter cumprido, a Direcção-Geral dos Impostos penhorou a casa, vendendo-a em leilão por 30 mil euros. A nova proprietária recebeu a casa e o cadáver de Augusta, que jazia na cozinha (mais o do cão na varanda).
.
Estranho país o nosso. O primo que a levava ao médico presumiu que Augusta emigrara para o Dubai? A comissão de moradores não pestaneja durante perto de nove anos de ausência e omissão? A Segurança Social não investiga a não-liquidação dos vales? A Direcção-Geral dos Impostos põe casas a leilão sem contacto prévio com o contribuinte? Antes de leiloar uma casa, a DGI não faz um esforço para verificar se o contribuinte é detentor de bens adequados à liquidação de uma dívida de 1475 euros? Um carro, uns quadros, dinheiro debaixo do colchão... Anda tudo em piloto automático?
.
Nisto tudo, uma vizinha preocupou-se. Aida Martins foi à polícia participar a ausência. Foi lá 13 vezes. Treze. Ninguém ligou. Sem ordem do tribunal ninguém podia entrar em casa. Inconformada, foi também à GNR. A participação ficou registada: Processo n.º 2274/2002. NUIPC 1086/07.2 TQSNT. Mero pro forma.
.
Não aconteceu na Somália. Foi mesmo aqui ao lado. Lembram-se do morto do metro de LA em Collateral (2004) de Michael Mann? Não é muito diferente. A presunção de morte natural é um dado adquirido?

HOJE ABRI MAIS UMA GAVETA DAS MINHAS MEMÓRIAS

PIANISTA PORTUGUÊS EM CONCERTO
Banguecoque - Tailândia

José Azevedo de Souza, pianista português, actuou como solista em 12 de Dezembro no Teatro Nacional da Tailândia, em Banguecoque, acompanhado pela “Orquestra Sinfónica Nacional” da Tailândia, conduzida pelo maestro, tailandês, Potavanich, perante uma assistência que preenchia três terços da lotação da mais antiga e selecta casa de espectáculos, da capital tailandesa e construída no princípio do século passado, durante o Reinado de Rama VI ( S.M. o Rei Vajiravudh) para a realização, principalmente, de eventos culturais de raizes siamesas.

O concerto de Azevedo de Souza, esteve inserido no programa de actividades culturais realizados em honra de S. M. o Rei Tailândia, Bhumibol Adulyadej, na celebração do seu aniversário, 76 anos ( 5 de Dezembro) e 57 de reinado que o torna o monarca, entres os seus contemporâneos, no mundo, com a mais longa intronização.

A exibição de Azevedo de Souza na Tailândia teve o patrocínio da “Fundação Oriente”, que durante já vários anos tem contribuído para que artistas portugueses demonstrem a sua arte, em salas de Banguecoque e, entre estes se contam o famoso guitarrista António Chainho e a cantora Marta Dias que há três anos actuaram no “Centro Cultural da Tailândia”.

O Embaixador de Portugal João de Lima Pimentel, dado a outros compromissos, agendados, antes do convite lhe fora feito para assistir ao concerto de Azevedo de Souza, representou a Missão Diplomática portuguesa, na capital tailandesa, o diplomata de carreira e o número dois da Embaixada, Jorge Marcos que depois do concerto de música clássica entregou ramos de flores, debaixo dos aplausos do público, ao pianista português, ao compositor Narongrit Dhamabutra e à harpista Eleri Darkins.

“Curriculum” de Azevedo de Souza

Nasceu em Banguecoque, na altura em que o pai José de Souza era vice-Cônsul na Embaixada de Portugal em Banguecoque. A sua vocação musical foi uma intuição que lhe surge, naturalmente, em idade de criança. Começou a familiar-se com as teclas do piano aos três anos de idade.

Em 1981, o pai seguindo o conselho de um professor inglês, decidiu inscrever o filho na “Escola de Música Purcell”, em Londres. Em 1985 no “Festival de Música de Londres” ganhou o segundo prémio do certame. O Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Dr. Azeredo Perdigão, numa viagem ao Oriente e passagem por Banguecoque, acompanhada de sua esposa Dr.ª Madalena Perdigão e, analisando as aptidões, do jovem, para o mundo da música concede-lhe uma Bolsa e parte, novamente para a Inglaterra no ano de 1986, onde irá aperfeiçoar as aptidões musicais de pianista e compositor.

Numa curta presença, de férias, em Banguecoque, dá o seu primeiro concerto de piano a solo, no famoso Hotel Oriental, durante um festival de gastronomia portuguesa, em 1987, para um público ligado ao meio musical, artes e letras e diplomacia, acreditada, no Reino da Tailândia. Interpretou Chopin e a sua actuação mereceu a melhor crítica e elogios da imprensa especializada de Banguecoque, quando a idade do pianista era, apenas, de 18 anos.

Regressa de Inglaterra a Banguecoque, em 1990, com a licenciatura, em “piano forte” e o diploma concedido pelo “Colégio de Música Trinity” e, profissionalmente, inicia a sua carreira musical como professor de piano e compositor.De imediato foi convidado para coordenador da “ Orquestra Sinfónica de Banguecoque” onde por dois anos é solista em espectáculos, clássicos, na Tailândia. Durante os seus concertos, na Tailândia, de 1990 a 1993 a crítica foi-lhe sempre favorável. Na capital tailandesa e durante “Festival de Novos Músicos (2001) Azevedo de Souza é achado pela crítica:

“Seguro, intuitivo, lírico e muito forte nos sons”.

O prestigioso diário “Bangkok Post”:

“Salvou a graça do festival, grande individualismo, inovador e corajoso na construção e conjugação, harmoniosa, dos sons das teclas do piano que esmaga e que denuncia, com transparência, o conteúdo das notas musicais da pauta que umas vezes as transporta ao ouvido de quem as escuta, melodiosas e outras vezes, fortes e arrebatadoras”.

Azevedo de Souza, ao longo da sua carreira actuou:

- Gravou para a RTPi para ser difundido mais tarde pelas Comunidades Portuguesas no

espalhadas pelo Mundo;

- Gravação de um CD rom de música contemporânea;

- Actuou ao vivo na Radio Europa;

- Em Inglaterra no “ Maidenhead Festival de Música & Dance (2000);

- No Festival Internacional de Artes, Portugal (2000) foi galhardoado com o Diploma de

Mérito;

- Tardes Musicais do CRS (2001- 2002);

- Festival Internacional e Cursos (2003);

- Festival Internacional de Nova Música de Banguecoque (2001);

- Exibiu-se na Suiça, Nova Zelândia, Alemanha, Filipinas, Bulgária, Bélgica, Checlosváquia, França, Dinamarca, Holanda, Noruega, Espanha, Estados Unidos, Escócia, Japão, Austrália e outros países.

Azevedo de Souza além de sua carreira de pianista, brilhante, com residência, fixa em Portugal é professor de piano, em Lisboa e no “Conservatório Regional de Setúbal. Casado com Wannaporn, uma jovem bonita e elegante senhora, tailandesa, a exercer funções de secretária do Embaixador da Tailândia, acreditado, em Portugal. Ao Zé de Souza, que conheço desde criança, em Banguecoque, desejo-me as maiores ventures êxitos dentro da carreira de pianista e musical que abraçou.

José Martins

Dezembro/2003