Translator

segunda-feira, 25 de abril de 2011

EMBAIXADA DE PORTUGAL EM BANGUECOQUE - DIVULGAMOS

P.S. Em meu nome pessoal agradeço e reconheço a distinção com que fui lisongeado por Sua Excelência o Embaixador de Portugal na Tailândia Jorge Torres Pereira para estar presente no evento a ter lugar, próximo dia 10 de Maio, no Museu Nacional da Tailandia. Por razões que aqui não vou apontar lamento que eu e minha família não estarmos presente. Sigo independente, conforme o tenho feito, a divulgar as relações históricas, entre as duas nações amigas, Portugal e o Reino da Tailândia, com 500 anos e remontam desde 1511.

José Martins

AS "BOCAS" FOLEIRAS DE JOSÉ LELO

Deputado José Lello chama "foleiro" a Cavaco Silva
Ontem
O dirigente e deputado socialista José Lello chamou "foleiro" ao presidente da República, Cavaco Silva, nu
ma mensagem publicada na sua página da rede social Facebook.
.
O socialista José Lello
Na origem do "ataque" está o facto de Cavaco Silva não ter convidado os deputados para a cerimónia oficial de comemoração do 25 de Abril, que este ano foi organizada pelo presidente no Palácio de Belém, e não no Parlamento, uma vez que a Assembleia da República foi dissolvida na sequência do pedido de demissão do primeiro-ministro.
.
Para José Lello o convite de Cavaco Silva aos líderes dos grupos parlamentares não foi suficiente. "Este presidente é mesmo foleiro. Nem sequer convidou os deputados para a cerimónia do 25 de Abril", escreveu o socialista.
.
À parte: O José Lelo (Lelo é só com um L e não com dois, pois a família dele nada a tem a ver com famosa Lello, livreira da Rua das Carmelitas do Porto).
.
Este "gajinho" quem o conhecer que o compre... Nunca na vida fez porrinha nenhuma e poliu todas as cadeiras dos cafés do Porto. Parece que foi (será verdade?) licenciado em engenharia mecânica e vendeu máquinas de arrasto e de construção de estradas numa empresa, importante, estabelecida no Porto.
.
Se o presidente Cavaco Silva é "foleiro" para ele, para mim o Lelo é um gajo execrável e um crápula e não menos um chuleco, igual aos da "Bainharia" e da Escura do Bairro da Sé, onde por alí andou até à Ribeira na "crava".

COMO VIMOS A "BORGA" DO 25 DE ABRIL EM BELÉM

ESTE HOJE NEM APARECEU EM BELÉM À FESTINHA DOS LORDES E DA HIPOCRESIA

O 25 de Abril dos Mercados