Translator

segunda-feira, 25 de julho de 2011

CRISTIANO RONALDO CAUTELA DE PREGO (CASA DE PENHORAS)

<><><><><><><> 


Cristiano Ronaldo é Garantia Bancária
Segunda, 25 Julho 2011 18:32
cristiano-ronaldo200O empréstimo que o Caja Madrid concedeu ao Real Madrid em Junho de 2009 para as contratações de Cristiano Ronaldo e Kaká servirá ao Bankia como garantia, através da qual vai obter liquidez perante o Banco Central Europeu.
O referido crédito, no valor de 76,5 milhões de euros, foi incluído pelo Bankia juntamente com outras operações no fundo de titularização de activos denominado "Madrid Activos Corporativos V".
.
O Bankia decidiu emitir obrigações através de um fundo no valor de 772,85 milhões de euros, que tem empréstimos a uma série de empresas, como a ACS, a Abertis, a Acciona, a FCC, a Galp Energia ou o Real Madrid.
.
O fundo foi constituir para transformar esses empréstimos em valores de taxa fixa homogéneos, estandardizados e, por isso, susceptíveis de servir como colateral na altura de pedir empréstimos ao BCE para obter liquidez.
.
P.S. O texto tal qual como retirado do blogue do Ronaldo

NOTÍCIAS DOS "MENTIDEIROS" . MENTE-SE JÁ QUE UM EX-PRESIDENTE DO IPOR....

Os nossos serviços secretos acabam de saber que um ex-presidente do IPOR estaria à espera para ser nomeado Presidente do Instituto Camões...
.
Ó larilas bem o soubemos...
.
Esta paixão pela Ásia e a procura do imaginário Eldorado continua a fervilhar em muitas mentes...
.
E não só... a paixão pelos olhos "almendrados" como dizem os nuestros hermanos espanhois.
.
Ui,ui devem ser, como sete cães atrás de um osso para "abocanhar" a presidência do Instituto Camões e a lamberem o traseiro ao Paulo Portas que tem a faca o pão e o queijo na mão.
.
E sendo assim como se diz o novo indigitado "que traga também um amigo"
José Martins

O TÊ GÊ VÊ PORTUGUÊS E O FRANCÊS.... DIFERENÇA ABISMAL!

video

....PARA SUBIRES NA PUTA DA VIDA, NÃO FAÇAS MAIS DO QUE ESCREVER UM LIVRO...!!!

.

Ninguém conhecia este rapaz...Tinha ambições altaneiras e não menos caganeira e chegou lá!

Hoje para qualquer gajo subir na "puta" da vida terá que escrever um livro, arranjar um "marmelo" de um editor oportunista e colocá-lo na "manada" (aqui é o público em geral).

Ora, ora o "chiquinho" espertinho, nas páginas exprime o seu pensamento e junta-lhe umas colheradas de mentiras daquilo a escrever o que não é. Depois tem um daqueles macacos de cu pelado que lhe dá a primeira revisão e a técnica por um bem intencionado de fazer o trabalho porque lho pagam.

E seguimos nós a aguentar, espécie de uma "canalha" brava, que nos vai lixando e colocando pior a nossa vida.

Quando os portugueses entenderem que o papel aceita todas as letras que lhe pintam em cima, então sim terão gente a governá-los como deve ser!

Agora quando  elegem um "chiquinho" esperto, há outros "chicalhitos", oportunistas, que se juntam com objectivos de nos f............ mais a vida.

Enquanto houver Passos Coelhos e Paulos Portas a nos governar estamos f.......... e mal pagos!!! - José Martins (Com uma experiência de vida do caralhão e farto de aturar canalha)

Um mês a passos de coelho


Andou a babar-se para chegar ao poder, não teve dúvidas em criar uma crise política para lá chegar, negou a crise internacional e prometeu o que agora não cumpre. Agora que lá chegou, ao fim de um mês de governo, já se queixou de um murro no estomago, mas muitas outras más disposições já o afligiram. Com o caso do Bairrão junta á sua governação de estilo "Sócretina" às confusões do "Santanismo". A coisa não começa bem, mas também não se esperava melhor.

`"HÁ LEIS QUE SÃO FEITAS À MEDIDA DE CERTOS INTERESSES PRIVADOS..."


Advogados e deputados (I)
.
JN 25-7-2011
.
Sempre que defendo a incompatibilidade entre a função (soberana) de deputado e a actividade (privada) de advogado, logo surgem a atacar-me advogados que não querem alterar a situação existente, nem sequer que se fale nisso publicamente. José Miguel Júdice, Manuel Magalhães Silva e, mais recentemente, Paulo Rangel, são alguns dos que mais se destacaram nesses ataques.
.
Todos têm em comum o facto de repetirem, quais discos riscados, os mesmos epítetos (simplista, "populista" e "demagógico"), mas também a circunstância de serem sócios de grandes escritórios de Lisboa que, obviamente, têm muito interesse em terem advogados deputados na Assembleia da República (AR).
.
É inadmissível que numa República democrática haja titulares de um órgão de soberania, como é o Parlamento, que ao mesmo tempo representem profissionalmente entidades privadas interessadas no conteúdo das leis elaboradas nesse órgão. É de meridiana evidência que quem participa na elaboração de leis na AR não deve participar na sua aplicação nos tribunais, patrocinando partes interessadas nessas leis.
.
Não se pode confiar nas leis de um Parlamento cujos deputados têm clientes privados interessados nessas leis. Essa mistura degrada os princípios republicanos.
O sentido normativo de muitos diplomas legais é, muitas vezes, determinado mais pelo concreto interesse privado que se defende (às ocultas) do que pelo interesse público próprio de uma lei geral e abstracta.
.
Há leis que são feitas à medida de certos interesses privados que ninguém identifica durante o processo legislativo, excepto, naturalmente, o deputado que patrocina, como advogado, esses interesses. Algumas leis vestem, como um fato à medida, em certos clientes de certos deputados.
.
O que se passou com as leis de amnistia chegou, em alguns casos, a constituir uma verdadeira ignomínia sobre o Parlamento, dada a forma como alguns deputados beneficiaram os seus clientes. Houve reduções de penas a crimes de pedofilia, em detrimento de outros bem menos graves e chegou-se mesmo ao ponto de a versão de uma dessas leis publicada no "Diário da República" ser diferente da versão publicada no "Diário da AR" por ter sido alterada à socapa já depois de aprovada em plenário.
.
Outro dos escândalos tem a ver com as prescrições, havendo centenas ou milhares de processos que prescreveram nas últimas décadas, devido, sobretudo, a alterações legislativas que favoreceram os clientes de vários deputados/advogados, mas que lançaram o caos nos tribunais.
.
Mas, o que se passa com as leis fiscais é o exemplo mais elucidativo dessa promiscuidade de haver pessoas a defender simultaneamente interesses públicos e privados incompatíveis entre si. Há milhares de milhões de euros em processos fiscais acumulados nos tribunais porque as leis fiscais tornaram-se num denso e confuso emaranhado normativo, cheio de alçapões só identificados por quem os concebeu.
.
O resultado está à vista: o Estado não consegue cobrar impostos a quem os impugna judicialmente, pelo que o seu pagamento vai passar a ser negociado através de arbitragens em que o devedor pode nomear um dos juízes (árbitros). É a legalização da fuga (parcial) aos impostos para os grandes contribuintes, mas é também um convite ao alargamento da corrupção. Todos vão sair a ganhar, excepto, obviamente, o Estado que sairá sempre a perder.
,
A acumulação de funções públicas com actividades privadas gera um mundo à parte que propicia e dissimula os negócios em torno do Estado, dos seus órgãos centrais, regionais e locais, dos seus institutos e empresas, etc.. Muitas dezenas de políticos acumula(ra)m funções públicas (nomeadamente deputados) com actividades privadas (principalmente de advocacia).
.
Entre eles, destacam-se António Almeida Santos (uma espécie de patriarca do mundo dos negócios público-privados), Manuel Dias Loureiro, Domingos Duarte Lima, Ricardo Rodrigues, Guilherme Silva, Vera Jardim e Paulo Rangel, entre muitos outros.
.
Este último, que tanto tem berrado publicamente contra o PS, nunca teve divergências políticas com o dirigente socialista António Vitorino na grande sociedade de advogados de Lisboa de que ambos são sócios.
.
Aí nunca sentiu qualquer claustrofobia democrática. Pelo contrário, parece que ambos se sentem lá muito bem oxigenados.

ARRE "PORRA" ONDE ESTÁ MORAL DE UM GAJO QUE É DIRECTOR DOS ASSUNTOS FISCAIS DA MADEIRA?

«Director dos Assuntos Fiscais da Madeira acusado de fraude e branqueamento» - Público
Por Redacção
.
O director regional dos Assuntos Fiscais da Madeira, João Machado, é um dos acusados no processo contra dirigentes do Clube Desportivo Nacional, por indiciação de factos susceptíveis de consubstanciar um crime de fraude qualificada, previsto e punido pelo Regime Geral das Infracções Tributárias, 1 crime de fraude contra a Segurança Social e 1 crime de branqueamento, punido pelo Código Penal.
.
João Machado deixou, no início de 2005, de exercer as funções de director do Orçamento no Governo de Alberto João Jardim, cargo que vinha desempenhando desde 2000, para passar a dirigir a Direcção Regional dos Assuntos Fiscais. Além da função de vice-presidente do Nacional, o governante integra a comissão política regional do PSD.
07:22 - 25-07-2011

PAGAR E NÃO BUFAR OU O POPÓ AO "GALHEIRO" VAI PARAR - RELES DIAS VOS ESPERAM...!!!

O Fisco com portagens

Passar na portagem sem pagar vai permitir ao Estado a penhora do carro do infractor. A decisão, ontem revelada pelo Ministério das Finanças, implica que, no limite, quem passe, por exemplo, na Ponte 25 de Abril sem pagar 1,45 euros de portagem possa ficar sem o carro para pagar a dívida.
.
Um protocolo ontem assinado entre o Instituto de Infra-estruturas Rodoviárias e as Finanças transfere para a máquina fiscal a competência de cobrar as dívidas decorrentes do não pagamento das taxas de portagem.
.
O Fisco, numa altura em que é preciso equilibrar as contas públicas, promete ser eficaz nesta tarefa ", dada a experiência da máquina tributária em matéria de cobrança coerciva.
.
Segundo o que ficou estipulado, quem passar sem pagar portagem e que não proceda à regularização voluntária pagando uma coima verá automaticamente o seu carro penhorado.
.
Assim que isto acontece, a informação sobre o veículo entra para uma base de dados das autoridades, para que PSP e GNR possam encontrar e apreender o automóvel. Uma vez apreendido, o carro vai a leilão para pagar a taxa de portagem, coimas e custos administrativos da infracção.
.
É para isso que servem os nossos impostos? A Lusoponte, a Brisa e tantas outras concessionárias de auto-estradas não são empresas privadas? Porque razão é o Estado a ter o trabalho e os custos de fazer as cobranças?
.
E considera-se normal, como primeira alternativa penhorar um carro e vendê-lo em asta publica, nem que a divida seja irrisória e sem procurar outros meios de o fazer.
.
Esta nova filosofia fiscal, esta justiça cega em que se penhora um qualquer bem, seja o carro a casa ou a vida de alguém, nem que a dívida a cobrar seja de cêntimos, é lesiva da própria dignidade dos cidadãos. Sem tribunal. sem juiz, sem justiça nem contraditório.
.
Não tem o fisco mais com que se preocupar? Não há enormes fortunas e muita gente a fugir ao pagamento dos seus impostos? Preocupem-se mais é em apanhar essa gente e acabar com esta vergonha.
.
Ou, como tenho ouvido a tantos comentadores, já se considera impossivel cobrar impostos aos ricos, com as suas offshores e jogos especulativos, pelo que já nem o tentam fazer?

ENTREVISTA DE HENRIQUE CALISTO À RÁDIO TELEVISÃO PORTUGUESA INTERNACIONAL

Imagens de Henrique Calisto na entrevista concedida à RTP i em 25.07.2011. Henrique Calisto, presentemente em Matosinhos, de onde é natural, a passar umas curtas férias.  Regressa a Banguecoque no próximo dia 29.  Temos reportado seus sucessos como técnico, português de futebol e acompanhado  em todos os jogos que sua equipa o Muangthong United de Banguecoque, tem efectuado em várias regiões da Tailândia.  Henrique Calisto está atingir, na Tailândia, populariedade idêntica à conseguida no Vietname durante 10 anos que ali viveu a orientar a Seleção Nacional Vietmamita que a levou a ganhar a taça   "AFF Suzuki Cup 2008" .
.

MESMO QUE OS JUROS DESÇAM,NÃO PASSAMOS DE UNS "CALOTEIROS"!

Juros da dívida soberana portuguesa seguem em queda
Economia
25/07/11, 10:29
OJE/Lusa
.
Os juros da dívida soberana portuguesa a dois, cinco e dez anos estão a cair, depois de alcançado um acordo de ajuda à Grécia em Bruxelas na semana passada.
.
Pelas 09h23, os juros exigidos pelos investidores para transaccionar títulos de dívida soberana portuguesa a dois anos negociavam, em média, nos 15,341%, abaixo dos 15,391% da sessão anterior.
 .
O spread face à dívida alemã nesta maturidade estava nos 1397 pontos-base, segundo a agência de informação financeira Bloomberg.
 .
Os juros de dívida soberana portuguesa a cinco anos negociavam nos 15,182%, baixou dos 15,402% de sexta-feira, enquanto o spread face à dívida alemã atingia os 1319 pontos-base.
 .
No prazo a dez anos, os juros também recuavam face à sessão anterior, transaccionando-se nos 10,948%, contra 10,953% de sexta-feira. O spread face à dívida alemã atingia os 814,5 pontos-base.
 .
Os juros da dívida soberana portuguesa continuam a seguir uma tendência de queda verificada na semana passada e depois de alcançado um acordo de ajuda à Grécia em Bruxelas.
 .
O projecto de acordo prevê que as novas condições do empréstimo do Fundo Europeu de Estabilização Financeira (FEEF) decididas para a Grécia serão também aplicáveis a Portugal e à Irlanda, o que representará para Portugal uma descida considerável da taxa de juro a pagar pelo empréstimo europeu.
As condições acordadas pelos líderes da Zona Euro relativamente ao empréstimo concedido pelo FEEF contemplam uma redução da taxa de juro para 3,5%, assim como um alargamento para o dobro da maturidade do empréstimo, ou seja, do actual prazo de sete anos e meio até um máximo de 15 anos.
 .
Pela primeira tranche do empréstimo, em Maio passado, Portugal pagou uma taxa de juro na ordem dos 5,7%.

DE MARÇO A ABRIL HÁ POUCO A RIR.... POIS QUE VENHA O SEGURO DA NAÇÃO!

O novo líder do PS


José António Seguro, novo Secretário Geral do PS

SE SOUBER DE CASOS DE CORRUPÇÃO CALE-SE...SE DIVULGA SUJEITA-SE A VIVER À SOMBRA...!!!

"Este é o preço a pagar por denunciar a corrupção em Portugal"

por Adriana Vale, Publicado em 25 de Julho de 2011  |  Actualizado há 50 minutos

Ricardo Sá Fernandes viu confirmada a acusação, em processo disciplinar, por gravar conversas com o administrador da Bragaparques
Sá Fernandes tem um processo na Ordem dos Advogados por gravar conversa com Domingos Névoa
O Conselho Superior da Ordem dos Advogados (OA) deu razão ao recurso interposto pelo administrador da Bragaparques, Domingos Névoa, contra Ricardo Sá Fernandes. A acusação alega que o advogado deve ser condenado por violação do segredo profissional e dos deveres de lealdade.

Sá Fernandes disse ao i que vai contestar a decisão. Se optar por arguir a nulidade da deliberação, pode dar origem a um novo recurso dos seus adversários, o que promete empurrar a discórdia entre a Ordem e o seu advogado até aos tribunais europeus. "Este é o preço a pagar por denunciar a corrupção em Portugal", afirmou ao i. E a conta não é pequena, já foi a tribunal por causa das denúncias de corrupção e está agora a braços com uma guerra na Ordem.

O processo disciplinar questiona a gravação e a difusão de conversas de Sá Fernandes com Domingos Névoa. Estas gravações foram feitas em 2006, com o conhecimento do Ministério Público e da Polícia Judiciária. Os diálogos foram registados para documentar e provar uma tentativa de suborno a José Sá Fernandes, irmão do advogado agora acusado, para que este desistisse de uma acção popular que questionava e tentava impedir a concretização de uma permuta entre os terrenos do Parque Mayer e os da Feira Popular de Lisboa. O acordo foi celebrado entre a empresa Bragaparques e Câmara Municipal de Lisboa.

O Conselho de Deontologia da Ordem dos Advogados (AO) já tinha decidido arquivar o caso no início do ano. A advogada de Névoa recorreu, e o Conselho Superior deu-lhe razão.
.
O que está agora em discussão na ordem já foi debatido, de várias perspectivas, nos tribunais. Em Maio, o Tribunal de Braga absolveu Ricardo Sá Fernandes de uma acusação de difamação ao empresário Domingos Névoa. O que estava em discussão eram as suas afirmações ao semanário "Sol".
.
Sá Fernandes afirmava em entrevista que Névoa era um "agente corruptor" e "vigarista". O juiz também recusou o pedido de indemnização ao proprietário da Bragaparques, que pedia 25 mil euros. A decisão valorizou o exercício da liberdade de expressão e concluiu que as declarações foram proferidas "como exercício de crítica fundamentada" e não com o "intuito de humilhar".
.
Quanto a Domingos Névoa, foi condenado por tentar corromper José Sá Fernandes, mas o Tribunal da Relação anulou a decisão, e o Supremo Tribunal de Justiça deu razão à Relação de Lisboa.
.
José Sá Fernandes, também advogado, representava-se a si mesmo na acção popular que interpôs contra a Bragaparques, mas ao assumir o cargo de vereador na Câmara Municipal de Lisboa, em Outubro de 2005, nomeou o irmão.
.
A então advogada de Névoa, Rita Matias, era colega de escritório de Ricardo Sá Fernandes. As conversas gravadas tiveram lugar nos dias 18, 22, 24 e 27 de Janeiro de 2006 e o caso foi relatado na imprensa. A alegada tentativa de corrupção nunca foi condenada pela justiça.

A MALANDRAGEM POLÍTICA DE PORTUGAL + GRÉCIA

Crise

Ouro português e ilhas gregas estiveram em risco

Luís Rego em Bruxelas  


O líder do Governo português, Pedro Passos Coelho mostrou-se satisfeito com os resultados alcançados.
O líder do Governo português, Pedro Passos Coelho mostrou-se satisfeito com os resultados alcançados.
.
A redução das taxas de juro e o aumento do prazo de pagamento só se aplica às novas parcelas de empréstimo que chegarem a Lisboa.
.
Foi falado mas não se concretizou. Na preparação da cimeira de europeia, países como a Holanda e a Finlândia, exigiram que alguns activos dos Estados resgatados fossem dados como colateral para futuras tranches de crédito e as ilhas gregas e as reservas de ouro português foram invocados como garantia de novos empréstimos.
.
P.S. Já viram isto! Andou o "bota de elástico" do Salazar a amealhar o ourozito e de um momento para outro a "gangada" dos nossos políticos, de merda, mais dia menos dia vão empenhá-lo...
.
"Os bisavós constroem-no, os avós conservam-no, os filhos começam a derretê-lo e os netos  fodê-lo"

SE UTILIZA A ESTAÇÃO DA CP DA DAMAIA PREVINA-SE...!!!

Três trajes anti-facada...escolha o modelo

Amadora

Quatro feridos graves em desacatos na estação da CP da Damaia

24.07.2011 - 21:22 Por Lusa
Dois grupos rivais envolveram-se em desacatos na estação da CP da Damaia, no concelho da Amadora, registando-se quatro feridos com alguma gravidade, disse hoje fonte da PSP.

Fonte do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa referiu que nos distúrbios, verificados cerca das 18h00, foram utilizadas armas brancas, uma das quais foi recolhida para análise.

Os feridos foram conduzidos aos hospitais Amadora-Sintra e S. Francisco Xavier.

.
À margem: O ministro dos estrangeiros, Paulo Portas, penso que irá tratar, no futuro, a eliminação do cheiro a "catinga" em Portugal... ele até, era, antes de ser ministro, um anti-catinga.

A MÁ LÍNGUA DO MARCELO....ELE NÃO CONSERVA PECADO CALADO...!!!

Marcelo Rebelo de Sousa: Casa em Veneza
Marcelo Rebelo de Sousa denunciou ontem na TVI que o Ministério da Cultura tinha um apartamento em Veneza para albergar convidados do Estado.
.
À MARGEM: E não será também para agazalhar as belas "ragazas" italianas?" Assim temos o nosso ministério da Cultura uma cópia do Sílvio Berlusconi pelo  amor a "gajas" bués e oferecê-las aos convidados.

As capas dos jornais e as principais notícias de Segunda-feira, 25 de Julho de 2011.

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Partiu perna numa rocha
EN 125: Um ferido em despiste
Matosinhos: Detido sem carta
Marcelo Rebelo de Sousa: Casa em Veneza
Nafissatou Diallo: Entrevista à televisão
Esfaqueados na Damaia
Cascais: Morre em acidente

Capa do Público Público

Golden shares acabam em Portugal, mas mantêm-se em nove países da UE
Autor confesso dos atentados noruegueses vai hoje a tribunal
Cavaco Silva felicita participantes nas Olimpíadas
Uruguai vence o Paraguai e ganha a Copa América
Quatro feridos graves em desacatos na estação da CP da Damaia
Golos de Kléber, Hulk e Walter na apresentação no Dragão
Festival Intercéltico de Sendim ganha estatuto europeu

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Enfermeiro-chefe suspeito de ser o 'espião' do WC
Férias judiciais com 6,2 mil milhões de euros em processos
Recebemos menos imigrantes pela primeira vez em 5 anos
Sete incêndios lavram no país às 23.00
Quatro feridos em desacatos na estação da CP da Damaia
Rapaz e rapariga morrem após queda do carro ao Minho
Seguro acusa Governo de criar "jovens a dias"

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

População em sobressalto devido a um incêndio em Vila Verde
Empregada que acusa Strauss-Kahn dá primeiras entrevistas
Suspeito quer comparecer no tribunal "em uniforme" e em sessão pública
Incêndio destrói armazém agrícola em Montemor-o-Velho
Gangues de droga traficam armas de guerra no Porto
JSD "estupefacta" com referência de Seguro a "jovens a dias"
Durão Barroso visado no manifesto do autor do massacre na Noruega

Capa do i i

Conselho que fiscaliza secretas quer evitar novo caso Silva Carvalho/Ongoing
Guerra na coligação. Portas irritado com escolha de Braga de Macedo
"Este é o preço a pagar por denunciar a corrupção em Portugal"
Pais que procuram a melhor educação para os filhos só podem ser trafulhas
Francisco Moita Flores. "Já estou a tratar dos papéis para a reforma"
Sónia Brazão ligou os bicos do fogão "intencionalmente"
Governador do BdP diz que decisões tomadas no Conselho Europeu foram positivas

Capa do Diário Económico Diário Económico

PT atinge receitas de 1,7 mil milhões no semestre
Moody's não dá tréguas à Grécia e corta 'rating'
Banca obrigada a reduzir pedidos de empréstimo ao BCE
Ouro português e ilhas gregas estiveram em risco
Euforia nos mercados não coloca um ponto final na crise da dívida
PS opõe-se a medidas que ultrapassem acordo com a troika
Governo corrige proposta de lei que reduz indemnizações

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Moody?s coloca Grécia à beira de incumprimento
Caixa dá hoje ao Governo a avaliação das propostas de compra do BPN
Faria de Oliveira promete "assegurar coesão da administração" da CGD
As notícias em foco na edição de hoje, dia 25 de Julho, no Negócios
Seguro recusa alterar equilíbrio constitucional nas relações laborais
"Contra mim falo: Governo deve lançar uma taxa especial sobre o património"
ESN coloca Altri entre as preferidas na Europa

Capa do Oje Oje

Barril de Brent abre a descer para 117,97 dólares
Bancos vão perder 20,6 mil milhões de euros
Balança de pagamentos correntes com défice recorde
Produtores de azeite exportam para Leste
GE lucra com mercado internacional
Serviços sobem vendas da Vodafone
AMD revê receitas do trimestre em alta

Capa do Destak Destak

Uruguai selou 15ª vitória da Copa América com goleada
Presidente da República felicita participantes nas Olimpíadas por resultados obtidos
Na cadeira da ingratidão
Quatro feridos graves em desacatos na estação da CP da Damaia
Goleada na apresentação do Porto aos sócios
Decretado um minuto de silêncio no país e também na Suécia
Massacre na Noruega e os preconceptos

Capa do A Bola A Bola

«Benfica negoceia lateral Alejandro González» - JN
«Director dos Assuntos Fiscais da Madeira acusado de fraude e branqueamento» - Público
Briosa quer Jerry e outro avançado
«Vou dar o meu melhor aqui» - Hulk
Capitães estão escolhidos
«Benfica é passo enorme» - Garay
Trabzonspor, o clube do minuto 61

Capa do Record Record

Bolsa de transferências
Del Piero: «Ressentimo-nos do esforço dos últimos dias»
Entrevista a Raul Figueiredo
Vice do Palermo revela interesse do Chelsea em Pastore
Godinho Lopes: «Esta assembleia foi um sucesso»
Kaká: «José Mourinho confia em mim»
Record de Ouro para Raul Figueiredo

Capa do O Jogo O Jogo

GP EUA: Casey Stoner venceu em Laguna Seca
Torneio de Atlanta: Mardy Fish volta a vencer
Troféu Pauleta: Santa Clara vence Guimarães e conquista título
Kerzhakov selou o triunfo do Zenit sobre o Anzhi (1-0)
Videoton goleia 4-0 o Paksi na estreia de Paulo Sousa na liga húngara
AC Milão: Flamini vai parar durante 15 dias
Luis Suárez eleito o melhor jogador do torneio