Translator

terça-feira, 13 de setembro de 2011

BRANCA DE NEVE E A LAMENTÁVEL HISTÓRIA

A Lamentavel história da Branca de Neve

Esta história da Branca de Neve é infelizmente pouco educativa embora nos ensine bastante sobre a forma como os sindicatos dos professores nunca deveriam ter actuado.
 .
Os professopras e os seus sindicatos pareciam finalmente ter percebido a forma como as lutas por aquilo que consideram ser justo devem ser feitas. Uniram-se os sindicatos e os professores esqueceram a cor partidária e todos se uniram contra a bruxa Maria de Lurdes Rodrigues. Uma união que desaguou em duas enormes manifestações em Lisboa e que seriam suficientes par o fim do processo de avaliação e para o adeus da Sinistra Ministra. 
 .
Pela primeira vez em muitos anos uma luta de trabalhadores estava a sair vitoriosa, mas surprendentemente o Mário Noguerira resolveu morder a maça envenenada e assinar o famoso "Memorando de entendimento" que desuniu os professores, manteve tudo na mesma e salvou a Ministra de ir para a rua. A partir dai nada foi o mesmo e, mesmo depois do Sócrates ganhar as eleições e ter substituido a Sinistra pela "Aventura" Isabel Alçada, uma versão light da anterior, nem os sindicatos tiveram as respostas que desejavam nem aceitaram as propostas de avaliação que lhe apresentaram. 
 .
A luta dos professores deixou de ter um objectivo concreto e mais parecia servir as agendas politicas do Mário Nogueira. A luta deixou de ser contra a Ministra e sobre educação para passar a ter como objectivo o derrube do próprio Sócrates. Compreendo que correr com os Sócretinos fosse uma necessidade, mas já custa a entender que isso seja feito à custa de o substituir por um governo mais de direita e que só veio agravar o que já estava mal. 
.
Um governo de direita que o Mário Nogueira parece gostar pois toda a agressividade de mostrou antes foi substituida por uma estranha complacencia. Milhares de professores foram "despedidos" e o sindicato só esboçou um protesto, continuam a fechar escolas e a encafuar mais alunos em cada sala de aulas e isso não parece icomudar muito e finalmente é aprovado uma Avaliação de Professores com muito daquilo que antes era considerado inaceitavel e, embora sem o acordo oficial do Mário Nogueira que se ficou pelo aceitar colocar a assinatura numa estranha acta e que aconselhou os professores esquecerem o assunto, sugerindo-lhes "virem a página para outros problemas maiores que têm pela frente". 
.
Simplesmente lamentavel.

PLANO PARA ESTUDO DE COMERCIALIZÃO DO ETANOL NA TAILÂNDIA


Por Watcharapong Thongrung
The Nation
Publicado em 14 de setembro de 2011
.
O Ministério de Energia encarregou o Instituto de Petróleo da Tailândia para estudar o potencial do país para se tornar a ligação para o comércio de etanol no Sudeste Asiático e para discutir com o Departamento Excise a revisão das leis existentes relacionadas com a exportação de etanol.
.
Vice-diretor do instituto Reungsak Thitiratsakul disse que o Departamento de Desenvolvimento de Energia Alternativa e Eficiência (DEDE) havia encaregado o instituto para preparar o estudo de viabilidade, que deverá estar completo dentro de um ano.
.
Ele disse que a Tailândia estava produzindo em excesso  etanol e bio-diesel. O país é capaz de produzir 6 milhões de litros de bio-diesel por dia, mas está atualmente consumindo apenas 1,6 milhões de litros por dia. Produção de etanol é atualmente 2,05 milhões de litros por dia, o que excede as necessidades do país de apenas 1,4 milhões de litros por dia.
.
No próximo ano cinco novas refinarias de etanol estarão em operação, acrescentando que  19 já  existentes  em laboração. Esta nova capacidade vai aumentar a produção de etanol na Tailândia a 5,35 milhões de litros por dia, e  o excesso pode ser exportada, Reungsak disse.
.
As actuais 19 refinarias não estão operando a plena capacidade porque a demanda por etanol na Tailândia é ainda limitada. Em plena capacidade, são capazes de produzir mais de 3 milhões de litros de etanol por dia. Assim, 47 empresários solicitaram novas licenças para produzir etanol, e se estas plantas forem construídos, então a produção de etanol da Tailândia pode chegar a 12,5 milhões de litros por dia.
.
No entanto, Reungsak disse que uma forma teria de ser encontrada para reduzir o custo do etanol para EUA 20 dólares por barril abaixo do preço atual do mundo do petróleo, que foi de US $ 127 por barril.  Assim pode ser alcançado, que a Tailândia está no caminho para se tornar um exportador de etanol sustentável.
.
Reungsak disse que o instituto também teve que encontrar soluções para revisão das leis existentes relacionadas com a exportação de etanol.
,
Legislação vigente do Departamento de Impostos é um obstáculo significativo para a Tailândia tornando-se um pólo exportador de etanol. A lei proíbe os comerciantes de etanol a partir de pequenos combinando a sua produção para exportação. No entanto, para ser competitivo, o etanol deve ser enviado em massa em grandes quantidades até milhares de toneladas, os comerciantes,  pequenos, deve-lhe ser permitido combinar os seus produtos.
.
Uma fonte do Ministério de Energia disse que o Departamento de Política de Planeamento Energética contratou uma empresa chamada Berra Ltd para estudar o preço de referência de etanol na Tailândia.

O preço de referência é geralmente Bt1 para BT2 por litro superior ao preço de mercado, por isso os comerciantes de etanol não são capazes de usar o preço de referência.
.
P.S. Tradução por Google com uma pequena revisão.

PORTUGAL TUTORIZADO: "QUEM GANHOU TRÊS E GASTOU QUATRO NÃO PRECISOU BOLSA NEM SACO"

O tutor, além de gerir a educação de um aluno, serviu (creio ainda) para tomar conta de orfãos cujos pais falecerem e administrar as terras herdadas e entregá-las quando atingissem a maioridade. 
.
Isto seria para que as crianças, em menoridade, não esbanjassem a herança. Ora, Portugal, por estranho que se possa compreender, ficou orfão ao fim de quase 9 séculos de existência. 
.
Os tutores (os caseiros) em vez de tratarem da herança que Dom Afonso Henrique legou a seus filhos, esbanjaram-na em seu proveito. 
.
Como já não via outra saída (os tutores caseiros) de governação solicitaram outros tutores, estrangeiros, com dinheiro para os tutorizarem a eles e os filhos herdeiros de Dom Afonso Henriques pagar os erros com a língua de três palmos. - José Martins

.

por © 2011 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Equipa da `troika` em Lisboa "muito em breve" para ajudar Governo a elaborar Orçamento

publicado 21:31 13 setembro 

Uma equipa de técnicos da `troika` virá a Lisboa "muito em breve" para acompanhar o Governo na elaboração do Orçamento do Estado para 2012, afirmou hoje o economista do Fundo Monetário Internacional (FMI), Poul Thomsen.

A missão da `troika` para Portugal é constituída por FMI, Banco Central Europeu (BCE) e Comissão Europeia (CE), com a equipa do fundo liderada por Thomsen.

Em conferência telefónica a partir de Washington, às 20:00 horas de Lisboa, Thomsen afirmou que "o próximo passo será a vinda de uma equipa de técnicos a Lisboa, muito em breve, para ajudar o Governo na elaboração do Orçamento do Estado" para o próximo ano.
.
Poul Thomsen referiu igualmente que "a próxima missão da `troika` virá a Portugal em novembro para uma segunda revisão" à aplicação, pelo Executivo, das medidas que o Governo português terá de concretizar até ao final de setembro, no âmbito do memorando.
.
Na sua intervenção inicial, Poul Thomsen enalteceu a determinação do Governo no cumprimento das metas estabelecidas com a `troika`, o que permitiu ao FMI libertar a segunda parcela do resgate a Portugal, de 3,98 mil milhões de euros, elevando os fundos atribuídos a Lisboa a 10,43 mil milhões de euros.
.
O fundo de resgate do FMI, aprovado em maio de 2011, faz parte de um pacote de apoio, em parceria com a CE e o BCE, que ascende aos 78 mil milhões de euros, nos próximos três anos.
SMS.

 

MOTA SOARES UM "LATA" DA ÚLTIMA GERAÇÃO

Lata de última geração



O ministro, Mota Soares, inaugura hoje bairro da lata de última geração.
Equipado com esgotos ao ar livre, vala comum e dispensário de seringas para drogados, tudo o que é preciso para aliviar a canga da pobreza e os gastos do Estado.

NEM TUDO QUE RELUZ, NOS ESTADOS UNIDOS, É RIQUEZA

A taxa de pobreza nos Estados Unidos sobe para 15,1 por cento. O número estimado (não contabilizado) é  de 49,9 milhões de pessoas.
.
Censo informa que o número de americanos na pobreza saltou para 15,1 por cento em 2010.
.
Em cima do número de  46,2 milhões de pessoas,  1 em 6, estavam em estado de pobreza. Isso é acima de 43,6 milhões, ou 14,3 por cento, em 2009. Foi o maior nível desde 1993.
.
O número de pessoas sem seguro de saúde aumentou para 49,9 milhões, uma nova alta após as sondagens de 2009. As perdas foram principalmente devido a idade activa de americanos que perderam os empregos pelo facto de economia fraca. Principais disposições da reforma de saúde não terão efeito até 2014.
.
As estatísticas lançadas hoje terça-feira são referentes a 2010, quando o desemprego atingiu nos EUA, em média 9,6 por cento, acima dos 9,3 por cento no ano anterior.
.
A média  do rendimento familiar era $ 49.445, sofrendo uma queda de 2,3 em 2009. 

Fonte: AP

AS BOCAS DO PEDRO - ATÉ DÁ O IMPRESSÃO QUE O PEDRO NUNCA ESTEVE EM GOVERNOS DESTE PAÍS

 

Pedro Santana Lopes alerta para perigos da desertificação

2011-09-13 07:49:57

A ANA GOMES PROCURA ARRUMAR O PARLAMENTO EUROPEU

As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 13 de Setembro de 2011.

As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 13 de Setembro de 2011.

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Portimão: Danifica carros e foge
Amarante: Despiste de mota
Valpaços: Colisão com motard
Roubam quinta a Belmiro de Azevedo
Pedro Santana Lopes: Toma posse sem festa
Diego Maradona: Mourinho é o melhor
Jerzy Buzek: Critica deputados

Capa do Público Público

Ao fim de mais de quatro horas, Djokovic voltou a derrotar Nadal
Louçã critica silêncio de Seguro sobre limite do défice na Constituição
No grupo mais competitivo, os jogos mais espectaculares
A "jovem" Austrália confirmou que está a mais no grupo
Selecções britânicas ganharam, mas não convenceram ninguém
Há menos exuberância nos All Blacks e isso pode ser mau para a concorrência
Santana: “Todos os Presidentes da República discordam de todos os primeiros-ministros”

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Santana defende convergência entre PSD, PS e CDS sobre situação nacional
Eles adoraram Lula. Será que o perceberam?
Casinos não travam acesso a 800 viciados
5 mil auxiliares em falta ameaçam abertura das escolas
Morta por carro da vizinha à porta de casa
Passos e Mário Nogueira, duelo à porta da escola
Deputado confessa fraude nas presidenciais de 1980

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Novak Djokovic conquista título a Rafael Nadal
Sismo de 6,2 graus Papua Nova Guiné
Colisão entre autocarro e ligeiro faz um morto
Bolsa de Lisboa fechou no valor mais baixo desde 2009
"Trabalhei toda a vida para isto"
Maioria dos manifestantes angolanos condenados a prisão efectiva
Chefe da IURD indiciado por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro

Capa do i i

Novo ano lectivo. Cientistas portugueses pedem currículos escolares com mais sentimento
Helena Roseta. Câmara de Lisboa não precisou da troika para pôr a casa em ordem
Espião na WikiLeaks. Silva Carvalho bem informado sobre Timor
O crime do homem que nunca poderia tocar saxofone
Défice na Constituição PSD insiste mas Seguro aguarda PS europeu
Espião na WikiLeaks. Silva Carvalho bem informado sobre Timor
Empresas municipais. Câmaras cortam 340 salários

Capa do Diário Económico Diário Económico

Europa admite falência grega mas quer evitar saídas do euro
PSI 20 está perto de bater mínimos dos últimos quatro anos
BCP, BPI e CGD têm 1,6 mil milhões em dívida pública grega
Portugal é uma das razões para não deixar cair Atenas
Bruxelas alerta vai levar “muitos anos” para regressar à dívida pré-crise
Executivo quer fechar acordo com parceiros sociais até Novembro
Aumento de 3,19% nas rendas atinge 700 mil famílias

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Bolsas asiáticas recuperam de mínimos de um ano
As notícias em foco na edição de hoje, dia 13 de Setembro, no Negócios
Prioridade de Merkel é evitar a "insolvência descontrolada da Grécia"
FMI desbloqueia mais 3,98 mil milhões para Portugal
Felipe Gonzalez: Europa está à beira do precipício
PSD quer rever regime de renda apoiada
Rendas anteriores a 1967 aumentam 4,8% para o ano

Capa do Oje Oje

Mercados mundiais tremem com a Grécia
Inflação desacelera para 2,9% em Agosto
BofA elimina 30 mil postos de trabalho
Saab encaixa 70 milhões com garantia chinesa
OPEP reduz estimativas de consumo
ANP contesta subida de 3,19% nas rendas
AIESEC abre porta a experiência internacional

Capa do Destak Destak

Académica goleia Nacional e regressa ao quarto lugar
Maioria dos manifestantes condenada a penas entre 45 e 90 dias
Luís Montenegro: Seguro foi "co-autor de todos os erros e fracassos do PS"
Governo apresentou linhas gerais compromisso para crescimento e emprego
Casa Branca recebe ameaças através do Facebook
Memorial em homenagem às vítimas abriu hoje ao público
Governo pediu avaliação do impacto do aumento do salário mínimo

Capa do A Bola A Bola

Mais uma estreia para Moutinho
Há um ano não estavam melhor
A sete mil da lotação esgotada
«Mostrámos equipa com valor» - Godinho Lopes
Yohan Tavares volta a ser opção
Talento que vale cinco milhões
Um onze a olhar para a frente

Capa do Record Record

Cardozo destrona o rei Artur
Baba: «Tem sido um bom início de campeonato»
Regresso ao passado
Solução estava em casa
Vinicius: «Fiquei para ser útil»
João Tomás: «Saber o que está mal»
Adriano: «Sp. Braga cresceu muito»

Capa do O Jogo O Jogo

Boavista tem até às 18:00 de terça-feira para se inscrever
Málaga goleia Granada
Newcastle continua sem perder e sobe ao quinto lugar
Pedro Emanuel realça "grupo coeso e solidário" dos estudantes
Soares Franco "satisfeito" à saída de reunião com associações distritais
Académica goleia Nacional e regressa ao quarto lugar
Shakhtar Donetsk - Mircea Lucescu: "Espero jogo difícil, mas espectacular"

PORTUGAL: "A GUERRA CONTRA A CHULISSE, ESTÁ COMEÇAR" - (E-MAIL RECEBIDO NESTE BLOGUE)



Concordamos com tudo isto, é preciso é passar à pràtica e obrigar os politicos que diariamente nos roubam,a cumprir com estas regras.
Acabou o recreio e o receio!

Este e-mail vai circular hoje e será lido por centenas de milhares de pessoas.
A guerra contra a chulisse, está a começar.
.
Não subestimem o povo que começa a ter conhecimento do que nos têm andado a fazer, do porquê de chegar ao ponto de ter de cortar na comida dos filhos!
Estamos de olhos bem abertos e dispostos a fazer -quase-tudo, para mudar o rumo deste abuso.
.
Todos os ''governantes'' [a saber, os que se governam...] de Portugal falam em cortes de despesas - mas não dizem quais - e aumentos de impostos a pagar.

Nenhum governante fala em:

1. Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, etc.) dos três ex-Presidentes da República.
.
2. Redução do número de deputados da Assembleia da República para 180, profissionalizando-os como nos países a sério. Reforma das mordomias na Assembleia da República, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do pagode.
.
3. Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e 3º emprego.
.
4. Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de euro/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo.
.
5. Por exemplo as empresas de estacionamento não são verificadas porquê? E os aparelhos não são verificados porquê? É como um táxi, se uns têm de cumprir porque não cumprem os outros? e se não são verificados como podem ser auditados?
.
6. Redução drástica das Câmaras Municipais e Assembleias Municipais, numa reconversão mais feroz que a da Reforma do Mouzinho da Silveira, em 1821.

7. Redução drástica das Juntas de Freguesia. Acabar com o pagamento de 200 euros por presença de cada pessoa nas reuniões das Câmaras e 75 euros nas Juntas de Freguesia.

8. Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas actividades.

9. Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc, das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País;.
.
10. Acabar com os motoristas particulares 20 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias... para servir suas excelências, filhos e famílias e até, os filhos das amantes...
.
11. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado e entes públicos menores, mas maiores nos dispêndios públicos.
.
12. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc.
.
13. Acabar com o vaivém semanal dos deputados dos Açores e Madeira e respectivas estadias em Lisboa em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes que vivem em tugúrios inabitáveis.
.
14. Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós) que nunca está no local de trabalho. Então em Lisboa é o regabofe total. HÁ QUADROS (directores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE ADVOGADOS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES, QUE NÃO NOS DÁ COISA PÚBLICA.

15. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir tachos aos apaniguados do poder - há hospitais de província com mais administradores que pessoal administrativo. Só o de PENAFIEL TEM SETE ADMINISTRADORES PRINCIPESCAMENTE PAGOS... pertencentes ás oligarquias locais do partido no poder.
.
16. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o Governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar.
.
17. Acabar com as várias reformas por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo Estado.
.
18. Pedir o pagamento dos milhões dos empréstimos dos contribuintes ao BPN e BPP.
.
19. Perseguir os milhões desviados por Rendeiros, Loureiros e Quejandos, onde quer que estejam e por aí fora.
.
20. Acabar com os salários milionários da RTP e os milhões que a mesma recebe todos os anos.
.
21. Acabar com os lugares de amigos e de partidos na RTP que custam milhões ao erário público.
.
22. Acabar com os ordenados de milionários da TAP, com milhares de funcionários e empresas fantasmas que cobram milhares e que pertencem a quadros do Partido Único (PS + PSD).
.
23. Assim e desta forma, Sr. Ministro das Finanças, recuperaremos depressa a nossa posição e sobretudo, a credibilidade tão abalada pela corrupção que grassa e pelo desvario dos dinheiros do Estado.
.
24. Acabar com o regabofe da pantomina das PPP (Parcerias Público Privado), que mais não são do que formas habilidosas de uns poucos patifes se locupletarem com fortunas à custa dos papalvos dos contribuintes, fugindo ao controle seja de que organismo independente for e fazendo a "obra" pelo preço que "entendem".
.
25. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os biltres que fizeram fortunas e adquiriram patrimónios de forma indevida e à custa do País, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo esquemas pretensamente "legais", sem controlo, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efectivamente dela precisam;
.
26. Controlar rigorosamente toda a actividade bancária por forma a que, daqui a mais uns anitos, não tenhamos que estar, novamente, a pagar "outra crise".
.
27. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efectivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas VALEM e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida.
.
28. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos.
.
29. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu património antes e depois.
.
30. Tendo a Guerra Colonial terminado há mais de 37 anos, Redimensionar as Forças Armadas, para o mínimo indispensável ao cumprimento dos Acordos com a NATO e com a UE. Ninguém compreende, aqui ou em qualquer País do Mundo, que as FA's Portuguesas sejam compostas por cerca de 15.000 Oficiais, cerca de 19.000 Sargentos e apenas cerca de 8.000 Praças. 
 .
31. Reduzir o número de Embaixadas e Consulados, mantendo apenas aqueles que se prove sejam absolutamente imprescindíveis.
.
32. Aliviar os Tribunais de todos os milhares de Processos, que podem ser resolvidos por Comissões Arbitrais, Julgados de Paz ou que são simples casos de Polícia. 
 .
33. Pôr os Bancos e as grandes Empresas a pagar impostos, de acordo com os lucros.
.
POR TODOS NÓS E PELOS NOSSOS FILHOS E NETOS.

Ao "povo", pede-se o reencaminhamento deste e-mail. »