Translator

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 13 de Dezembro de 2011.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Almancil: Dupla assalta idoso
Portimão: SEF prende foragido
Assaltam jovem no multibanco
Idosa dá tiro na ex-mulher
A3: Choque em cadeia fere quatro
PJ investiga ‘Estripador’ em segredo
Carlos César: Taxas não sobem

Capa do Público Público

Temos conteúdos exclusivos para si! Torne-se assinante.
Ministro defende que instituições do Ensino Superior é que devem decidir o que fecha e o que fica
Moody’s admite baixar "rating" de 11 entidades financeiras espanholas
Inspector da PJ acredita que Rui Pedro ainda está vivo
Wall Street em queda penalizada pelo anúncio da Moody’s de baixar ratings europeus
Fenprof diz que reforma curricular vai aumentar desemprego
Académica acabou com a maldição de Olhão

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Universidades e politécnicos é que devem concluir o que extinguir
Os ingleses perceberam que isto está no fim
Pezinhos de dança e de coentrada
Consulta no privado só mais 5 euros que no SNS
GNR detém idoso por disparar sobre ex-companheira
Quatro barras marítimas fechadas e duas condicionadas
Homem esfaqueado por ex-companheiro da filha

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Nissan suspende investimento de 156 milhões em Aveiro
35 mil assassínios por armas de fogo no Brasil
Canadá retira-se do Protocolo de Quioto
Precários pagam a mais à Segurança Social
Criança de seis anos passa 19 horas por dia a dormir
Mau tempo fecha quatro barras marítimas
Sanita revestida de cristais vale 100 mil euros

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

“A nossa voz está engasgada de dívidas”
Pilotos decidem sexta-feira sobre greve de Janeiro
Mexia reúne apoio dos concorrentes à privatização da EDP
Contrapartidas pesam em jogo geo-estratégico
Eléctrica rende os 600 milhões previstos para abater à dívida de 2011
EDP valoriza na recta final da privatização
Patente única para toda a UE vai ser uma realidade

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Portugal é o sétimo país da Zona Euro com mais dias de férias
Atraso da Gfk leva CAEM a pedir audiências de TV à Marktest
Maior fabricante de sapatos descalça Sapatália e reforça rede da Foreva
Aumento da esperança de vida deve ser garantido pela banca
Investidores mostram cartão vermelho aos líderes europeus
Compra de casa já não é a principal finalidade do crédito
Desigualdade esteve na origem da crise, diz dirigente do FMI

Capa do Oje Oje

Crédito malparado em recorde
Nissan suspende fábrica de baterias em Aveiro
Cedência de fundos pelo BCE estável
E.ON elimina 11 mil empregos à escala global
Time Warner quer Endemol por mil milhões
Países vão ter dificuldade em financiar-se
João Rodrigues em sétimo após primeiro dia no Mundial de vela

Capa do Destak Destak

Fábrica comemora 20 anos na terça-feira
DREN racionaliza uso da frota automóvel
Ponte que ia ser demolida vai ser apenas reforçada
Liga prepara entrada das equipas B na Honra na próxima época
Ministério da Justiça contradiz Ordem Advogados
Pilotos decidem na sexta-feira se param em janeiro
Museu do Papel eleito Melhor Museu 2011 pela APOM

Capa do A Bola A Bola

Rodríguez a ver Coimbra
Milan está atento a Artur Moraes
Dragões marcam há 33 meses seguidos no Dragão
Dois defesas a caminho
Reunião a pensar no futuro
Eto'o solidário oferece hospital
Os 10 mandamentos de Lito para o sucesso dos Palancas

Capa do Record Record

Aimar na lista do Cruzeiro
Médio goleador comanda a Briosa
Emílio Macedo: «Emagrecimento para definir até ao Natal»
Vítor Fortunato: «Passámos teste inicial de um ciclo terrível»
Nani: «Queremos ganhar todas as competições»
Sérgio Paulinho quer ajudar chefe-de-fila
Colónia atento a Fabiano

Capa do O Jogo O Jogo

Villas-Boas impõe primeira derrota ao City
Académica vence em Olhão
Menos utilizados golearam os juniores
Ronaldo convocado, Pepe, Di Maria e Coentrão descansam
Sorteios da Champions e Liga Europa esta sexta-feira
Roma e Juventus empatam (1-1)
Ruben Micael lesionado até Janeiro

GENRO DO REI DE ESPANHA METIDO NUMA CAMISA DE 11 VARAS É SUSPEITO DO DESVIO DE 7 MILHÕES DE EUROS DE FUNDOS PÚBLICOS

A Infanta Cristina (filha dos Reis de Espanha) vê perigar seu casamento

Inaki Urdangarin y la infanta Cristina el pasado 12 de octubre
Esta é a imagem que sempre se tem da Infanta Cristina e Inaki Urdangarin desde que se casaram em 04 de outubro de 1997.
 .
A Infanta Cristina, sempre enamorada apoia seu marido, mas a pressão social e a investigação a que estará sujeito, a Casa Real poderá tomar uma decisão em relação ao futuro do matrimónio entre a Infanta e o Duque Inaki  Eles vivem uma situação delicada
.
Agora, eles enfrentam a situação mais precária de sua vida, o suposto envolvimento do duque de Palma, em um desvio de fundos públicos, entre outros possíveis crimes que seriam punidos com até 15 anos de prisão ...
.
Pelo menos por agora, a Infanta e seu marido lutam pelo delicado assunto que ele poderá ser culpado, mas o casamento pode estar comprometido pelos  acontecimentos que por sua vez estão a tomar cariz de publicidade na comunicação social.

PARLAMENTO EUROPEU E O QUE POR LÁ SE PASSA!



Discurso veemente no Parlamento Europeu, que faz a denúncia desta falperra pseudodemocrática em que vivemos a fingir que se resolve a crise
.
Não perca-não perca-não perca o clique
 .
http://www.youtube.com/watch?v=E5wOyAeWtLk&sns=fb

"O PAÍS ESTÁ DOENTE E INSISTE EM TOMAR A MEDICAÇÃO..."


O país está doente e insiste em tomar a medicação que lhe é imposta por uma Europa Merkleana que, em vez de ser uma cura, só agrava a doença. Digo isto porque também eu não escapei a uma constipação que me deixa rabugento e mal disposto. Mal já eu ando com o que se passa neste país e agora mais as dores de cabeça, no corpo. Não me apetece ouvir notícias nem estar para aqui a fazer o sacrifício de escrever sabendo que tudo fica na mesma. Vou fazendo os bonecos que pelo menos estou distraído.

A SAÚDE DOS NOSSOS DIPLOMATAS E FAMÍLIA BEM TRATADA...!!!



 Número de Documento: 13466103

Lisboa, Portugal 10/12/2011 14:08 (LUSA)
Temas: Economia, Negócios e Finanças, Macroeconomia, Saúde, Política, Diplomacia, Governo (sistema)

           


Diplomacia: Governo aprova portaria que concede "seguro de saúde" aos funcionários fora da UE

Lisboa, 10 dez (Lusa) - Os ministérios dos Negócios Estrangeiros e das Finanças aprovaram uma portaria que assegura um sistema de assistência na doença a todos os funcionários diplomáticos colocados nos serviços externos, assim como à família, anunciou hoje o MNE.
.
Em comunicado, o ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) adianta que esta portaria assegura a assistência aos funcionários diplomáticos nos serviços externos, cônjuge e descendentes que com ele vivam em economia comum.
.
"Com efeito, tem vindo a constatar-se que a cobertura de assistência médica efetuada pela ADSE não assegura o acesso a cuidados de saúde em países não pertencentes ao Espaço Económico Europeu. De facto, em alguns países os funcionários diplomáticos não têm acesso à rede pública de cuidados de saúde por força das regras do ordenamento jurídico local ou porque inexiste essa mesma rede pública", adianta o comunicado.
.
Segundo o ministério tutelado por Paulo Portas, a "existência de um 'seguro de saúde' para os funcionários diplomáticos no exterior – semelhante ao que têm os diplomatas da generalidade dos países - está prevista no estatuto da carreira diplomática portuguesa desde 1998, mas nunca chegou a ser concretizada".
.
Tendo em conta vários acidentes de saúde com diplomatas em serviço fora do espaço europeu – que não tinham cobertura para tratamentos nos países onde estavam colocados – tornou "esta questão uma das mais prementes preocupações da carreira diplomática, adianta.
.
A portaria pretende salvaguardar situações em que o funcionário diplomático e família, "por força do exercício de funções daquele fora do Espaço Económico Europeu, carecem de recorrer a redes privadas de cuidados de saúde, em países em que é demasiado oneroso suportar os custos dessa rede".
.
"Este diploma constitui, assim, um imperativo de justiça, por ser a forma de garantir aos funcionários diplomáticos colocados ao serviço do Estado português no estrangeiro, o acesso a cuidados de saúde tendencialmente idênticos aos que beneficiam os restantes trabalhadores a exercer funções em Portugal", adianta.
 .
“No início do meu mandato enunciei o princípio de que o MNE, sendo a face de Portugal no exterior, teria de adotar medidas de austeridade e contenção equivalentes às aplicadas aos demais ministérios", afirma o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, citado no comunicado.
.
No entanto, "indiquei que procuraria resolver problemas práticos da carreira diplomática que se arrastavam há vários anos, como era o caso dos seguros de saúde no exterior. Por isso, o orçamento do MNE para 2012 prevê uma redução da despesa em 10 por cento, os funcionários diplomáticos estarão sujeitos, como os demais, aos cortes nos subsídios de Natal e de férias, terão ainda uma redução de 6 por cento nos abonos de representação, tendo sido também tomadas medidas para racionalizar a rede diplomática e consular. 
.
Neste contexto, foi possível resolver a questão da assistência na saúde”, explica o governante.
Agora, após a assinatura da portaria, será feito um concurso público internacional para a escolha da seguradora e "espera-se que o sistema entre em funcionamento ainda em 2012", conclui o comunicado.
ALU
       Lusa/Fim.
---------------------

NÃO PERCA O VIDEO RELATADO PELO ACTOR MATT DAMON

                                   Matt Damon
Longo, mas muitissimo interessante. 
Como foi possível esta crise económico-financeira acontecer?
Vejam este este excelente documentário, relatado pelo actor Matt Damon.
Clique