Translator

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

As capas dos jornais e as principais notícias de Sábado, 24 de Dezembro de 2011.

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

CM: Votos de Feliz Natal
Albufeira: Detido com droga
Gang armado lança pânico em assalto
Porto: PSP identifica 30 pessoas
Ladrão leva 15 mil euros
Miguel Macedo: Forças em missão
Isabel Jonet: Papel por alimentos

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
População de Valença “prestes a revoltar-se” face a novo acidente em passagem de nível
Interpol emite mandado de captura contra fundador fabricante de implantes mamários:
Nacional vence o Moreirense e apura-se para as meias-finais da Taça de Portugal
Duque de Edimburgo levado para o Hospital com dores no peito
Três mortos e sete feridos graves no primeiro dia da Operação Natal
Talentos que saíram de Portugal falam em inevitabilidade da emigração mas também em riscos

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Balanço de 2011 (Parte I)
Jesus não era cristão?
Feliz (sim, feliz) Natal!
Juíza do 'Portucale' aponta para condenações graves
Carros do Garcia de Orta foram alvo de penhora
IPSS do Porto usa 'utentes-fantasma' e lesa Estado
Incêndio na Rua Braancamp fere uma bombeira

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Marido de Isabel II operado com sucesso a obstrução de artéria
Primeiro beijo oficial entre lésbicas da Marinha dos EUA
A maior batalha do fotógrafo João Silva
Renovar Linha do Minho daria lucro de 50 milhões
Mandado de captura contra fundador de empresa de implantes
Nacional é o último semi-finalista da Taça de Portugal
Três mortos e sete feridos graves no primeiro dia da Operação Natal

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

Nem o Pai Natal resiste à crise
Wall Street animada pelo compromisso fiscal desejado por Obama
Mais liquidez e outras notícias
Dilma aumenta salário mínimo para 257 euros
Euro segue a desvalorizar 0,01% face ao dólar
José Marquitos sai da RTP para director-geral de participadas da Newshold
Agência DBRS inicia cobertura da Caixa com 'rating' de ‘BBB’

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Bilionário russo Dmitry Rybolovlev compra AS Mónaco
Agência canadiana DBRS inicia cobertura da CGD e atribui-lhe "rating" BBB
BES dispara mais de 11% em semana positiva para a bolsa nacional
BPI: Financiamento que EDP Renováveis obteve nos EUA é "positivo"
Vídeo: JM e BES animam fecho da sessão
BES e BCP disparam com interesse da China em Portugal
Wall Street sustentada por bons dados económicos nos EUA

Capa do A Bola A Bola

Prémio de 1,5 milhões por passagem aos 'oitavos' da Liga dos Campeões
Kobe Bryant não 'aprovou' novo treinador dos Lakers
Consoada na liderança pela oitava vez em dez anos
Rinaudo ansioso por voltar
Transferência de Elderson já está em marcha
Daúto Faquirá por um fio
Milan: Torres é alternativa a Tevez

Capa do Record Record

Luisinho é para continuar no lado esquerdo da defesa
Uma consoada bem recheada
Hatta Club de Pires regressa à liderança
Marco Silva: «Atingir topo tão cedo foi uma surpresa»
CSKA vai treinar no dia de Natal
Filó: «O principal objetivo é a permanência»
Manuel José sobe ao 2.º posto

Capa do O Jogo O Jogo

Pedro Caixinha: "Tivemos sorte mas trabalhámos para a ter"
Jorge Casquilha: "Grupo está desiludido"
Nacional bate Moreirense e está nas meias-finais da Taça
Miguel Oliveira confirmado em Moto3
Ante Cacic é o novo treinador do Dínamo Zagreb
Hulk é o melhor jogador de Novembro/Dezembro
Jeffrén: "Quando voltar já estarei bem"

PENSÕES DOURADAS: "OS VÔOS DOS ABUTRES ABORTADOS"

 .


As 'pensões douradas' são penalizadas com uma contribuição de 10% sobre o valor que exceda os cinco mil euros

As 'pensões douradas' são penalizadas com uma contribuição de 10% sobre o valor que exceda os cinco mil euros
Alberto Fria

REVIVER O DRAMA E TRAZER DE VOLTA A SENHORA ANOCHA À TAILÂNDIA



REPORTAGEM ESPECIAL: A mudança de liderança norte ​​coreano incentiva familiares de desaparecidos mulher tailandesa

    
Publicado em: 24/12/2011 às 12:00
    
Seção de jornal: Notícias

A chegada ao poder da novo líder norte-coreano Kim Jong-un revitalizou as esperanças tailandesas na busca de Anocha Panjoi, mulher de Chiang Mai que teria sido sequestrado por soldados norte-coreanos há 33 anos.
.
 
Nesta foto de arquivo tomadas em 2005, Sukham Panjoi mostra um retrato de sua irmã Anocha Panjoi no Ministério do Exterior, como Banjong Panjoi, à direita, observa. AFP
.
O caso parou durante o reinado do pai de Kim Jong-un, Kim Jong-il, que morreu no último sábado.
.
Uma fonte do Ministério do Exterior disse que o caso Anocha ainda está na agenda de discussões com o governo norte-coreano, mas admitiu que a criação de uma equipa conjunta de trabalho foi difícil porque a Coréia do Norte é um país tão insular.
.
A Coreia do Norte sempre negou o rapto sempre que o ministério lhe fez perguntas sobre o progresso da investigação através da embaixada de Pyongyang, em Banguecoque, disse a fonte.
.
"Nós provavelmente teremos de esperar pelo novo governo antes de levantar esta questão,resolver o problema porque não sabemos o que a Coreia do Norte vai ser  após a morte de Kim Jong-il", disse a fonte.
.
Mas Pyongyang produziu repetidas negativas de envolvimento no rapto mas não viriam anular as esperanças da família Sra. Anocha de que um dia ela vai ser encontrado.
.
Seu sobrinho, Banjong Panjoi, disse que sua família estava "70%" confiante de que sua tia ainda está viva depois que ela conheceu Robert Jenkins, um membro do exército dos EUA que viveu na Coréia do Norte.
.
Sr. Banjong disse que seu pai, e irmão da senhora Anocha, sequestrada, que gostaria de vê-la antes de morrer.
Ele está agora com 65 anos e sofre de uma infecção no sangue que prejudica a audição.
.
"Meu pai espera ver Anocha e sempre me pergunta quando ela vai voltar", disse Banjong.
.
Com a ajuda da Associação para o Resgate de abduzidos norte-coreano (Arnka) em Chiang Mai, Mr Banjong foi possível  conhecer o Sr. Jenkins em 2005 no Japão.
.
Sr. Jenkins e sua esposa japonesa são os últimos que viram Sra. Anocha viva pela última vez e que eles se conheceram foi em 1989.
.
"Levei comigo um álbum com mais de 50 fotos de Anocha que ela tinha tirado com seus amigos antes de desaparecer", disse Banjong.
.
"[Esposa do Sr. Jenkins '] Hitomi identificou corretamente Anocha nas fotos, embora houvessem várias mulheres nelas. Isso me dá confiança de que minha tia ainda está vivo."
.
Sra. Anocha, então 23, foi seqüestrado em Macau em 1978, enquanto trabalhava lá. Sr. Banjong tinha sete anos na época.
.
Ele foi informado pelo Sr. Jenkins que a Sra. Anocha foi sua vizinha por nove anos 1980-1989, quando eles viviam nos arredores da capital norte-coreana, Pyongyang. Sr. Jenkins diz Sra. Anocha foi casada com um seu amigo dos EUA.
.
Após o primeiro marido da senhora  Anocha ter morrido, ela foi apresentada a um empresário alemão em 1989, que foi o último ano que o casal a viu.
.
"Anocha teve uma vida confortável, sem filhos, mas ajudou o Sr. Jenkins criar seu filho," o Sr. Banjong citou dizendo.
.
Sr. Jenkins ouviu o nome da Sra. Anocha novamente há oito anos de oficiais da Coréia do Norte que lhe sugeriram para se casar com Sra. Anocha em troca de permanecer no país.
.
Sr. Jenkins escreveu um livro sobre seus 39 anos na Coréia do Norte e  a senhora Anocha. foi mencionada no livro.
.
Ele concluiu Sra. Anocha tinha sido raptado pela Coreia do Norte para se casar com um estrangeiro e lá  ensinaria a língua tailandesa.
.
Alguns suspeitavam que o empresário alemão com quem Sra. Anocha era casado era um espião da Coréia do Norte dado como ele viajava dentro e fora do país de forma fácil e regularmente.
.
A família Panjoi acreditava que  Sra. Anocha poderia estar sob prisão domiciliar e ela pode não se atrever a fugir do país, apesar de sua vontade de voltar para a Tailândia.
.
As conversas entre a família e Jenkins em 2005, veio tarde demais para o pai da senhora Anocha, que morreu aos 97 anos de idade, dois meses antes da reunião.
.
Sr. Banjong disse o pai da senhora  Anocha se transformou, em si mesmo, depois que sua filha desaparecer. Uma vez que era um homem que amava a socialização, ele raramente saia de casa depois.
.
"Todo mundo se sentiu terrível quando meu avô morreu sabendo o acontecido com Anocha", disse Banjong.
.
Além de tentativas de renovar uma pesquisa para busca da Sra. Anocha pelo Ministério das Relações Exteriores, o Arnka vai pressionar o governo tailandês para assumir este caso a sério.
.
Tanto como o primeiro-ministro Shinawatra Yingluck e ministro das Relações Exteriores Surapong Tovichakchaikul também são nativos de Chiang Mai, a associação esperava que o governo irá prosseguir este assunto, Arnka fundador Tomoharu Ebihara disse.
.
A associação vai apresentar esta questão para uma reunião de gabinete que será realizada em Chiang Mai, no próximo mês.
.
Sr. Ebihara disse que o governo Thaksin Shinawatra iniciou conversações com o governo norte-coreano em 2005 e propôs a criação de uma equipa de trabalho conjunta para procurar Sra. Anocha mas os problemas políticos na Tailândia progresso prejudicado.
.
"O governo da Coréia do Norte ignorou esta questão após a turbulência política na Tailândia", disse ele.
.
Sr. Ebihara disse que o governo deve aproveitar o período de transição na Coréia do Norte para instar seu novo líder para prestar atenção ao caso Anocha.
 .

E NA COREIA DO NORTE A NATUREZA CHOROU... QUE ESTRANHA FORMA DE VIDA

video

A natureza, o céu, as nuvens, as árvores, os calhaus (humanos) verteram lágrimas pelo facto do Kim Jiong Il ter ido para junto da p..... que o p.... e c... que o fez e amanhou. 
Cada população de uma nação tem os líderes que merecem.... 
E no pensamento (quando vivo) do líder: "conhecê-la amá-la e torce-la"  
Pronto vamos lá deixar o finado Kim e que a terra lhe seja leve como o chumbo e nos viramos, por exemplo, para Portugal e se dessem o "badagaio" uns "gajos" que tomaram conta de nós e nos levaram à baixeza da pobreza, por nunca choraríamos e se a natureza vertesse lágrimas era porque chovia... 
No funeral desses "gajos" haveria, a transmitir ao Povo, alegria: " haja na rua gigantones e Zés Pereiras do Minho!" 
.
Agência de notícias da Coreia do Norte diz que a própria natureza chorou
Mundo

NATAL: DEPUTADOS ANTECIPAM O VÔO DAS GARÇAS



O REAL FILHO DE PUTA QUE GOSTA DE MÚSICA, BOA VIDA E VER FILMES DE QUECAS

video

OS VERDADEIROS MILHAFRES.... TUGALEAKS!

 

video

Falar Global: Cibercrime

O passado da SIC revela um futuro ainda melhor

Recordamos que há cerca de um mês a SIC fez uma peça não muito correta sobre Anonymous. Hoje o Tugalekas que se pauta por dizer sempre a verdade, vem desta forma não só condecorar mas também agradecer que um canal de media tenha feito em tão poucos dias de diferença duas reportagens tão assertivas sobre um tema novo na sociedade. E acima de tudo, que em ambos os casos as tenha feito bem.
O que achaste da reportagem? Deixa nos comentários do site!
Categories: Nacional Tags:

O GAVIÃO, DO AICEP, PEDRO REIS EM VÔO PICADO PARA A CHINA!

 .
Olha, olha o Pedro! Outro Basílio Horta do AICEP... Com que então a China abre uma nova porta a Portugal... Oi Pedro a China já a abriu a porta a Jorge Álvares há quase 500 anos!  Oi Pedro "caganda" tacho conseguistes... Pedro manda-te ao blá,blá, blá e mai nada oh Pedro"


A GAIVOTA LUIS E AS LEVIANAS AFIRMAÇÕES DO PERDIGÃO SILVA



Perdigão Silva (depenado) não há mal que lhe não venha...!!!

Clique a seguir

Luís Meneses classificou de levianas algumas afirmações de Cavaco Silva

2011-12-22 21:10:05

Marta Suplicy e a sua forma de estar na vida e no mundo que a rodeia...

 

Parabéns ao Comandante... da Air France!
Talvez assim, aprenda.....
E ainda quer ser novamente prefeita de São Paulo...
O povo não é besta....
Na AIR FRANCE, pelo menos no voo 455, todos são iguais perante a Lei!

Veja o que aconteceu para essa, arrogante, prepotente, nodomingo de 9 de outubro de 2011 quando ela e seu antigo ex-marido franco-argentino Favre,  há dias atrás,   estavam prestes a embarcar para  a China,  com escala em Paris,  pelo voo 455 da Air France.




Ao embarcar, o casal Marta Suplici e Luis Favre relaxaram e  decidiram não passar pela revista de bagagem de mão feita por raios X e,  na maior cara de pau,   furaram a fila da Polícia Federal.

Vários passageiros se revoltaram. Marta respondeu que, no Brasil,  as autoridades não  estão obrigadas a cumprir as exigências que recaem sobre os brasileiros comuns.
Os passageiros "não relaxaram" com a explicação. Continuaram a reclamar, mesmo com todos já embarcados.

Deu-se, então, o inusitado: o comandante do Boeing 777,  um francês, que mais parecia  oficial da famosa e inesquecível "Legião Estrangeira",  daqueles soldados que ao cumprimentarem  batem os calcanhares das botas e se inclinam respeitosamente,  saiu da cabine do avião, chamou a segurança do aeroporto,  mandou abrir as portas da aeronave,  e avisou com voz solene,  em português mas com forte sotaque francês,  o seguinte: - Boa noite senhores passageiros.  Aqui quem fala é o Comandante. Comunico que o avião não irá decolar enquanto o casal,  um que se encontra na classe executiva e outro na primeira classe,  não sair dos seus assentos e,  levando duas bagagens de mão,  passarem pelos equipamentos de raios-X.  Os seguranças do aeroporto irão acompanhá-los até o local dos equipamentos.

Marta Suplicy deixou seu assento na primeira classe (Favre estava na executiva) e,  azul de raiva,  com a cara de bunda,  escoltada pelos seguranças  foi cumprir a ordem do comandante. Nesse instante, os passageiros 'relaxaram e gozaram', com grande alarido, e aplaudiram o comandante. A viagem transcorreu num clima de festa para os passageiros,  e de velório para a dupla de pobres de espírito.
Será que,  se o comandante fosse um Brasileiro, teria agido desta maneira?
Temos muito que aprender.