Translator

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 4 de Setembro de 2012.


Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Morre actor de ‘Armageddon’ e ‘À Espera de um Milagre’ (COM VÍDEO)
Atingida por janela em Lisboa
Garzón apresenta programa
Carmen: Doença mata menina
Morreu Monteiro Valente
Mata namorada a tiro
Índia: Vende filhas por 2,5 €

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
Onde está o “pirata” Paul Watson?
Jerónimo de Sousa diz que Passos Coelho vê a realidade do País ao contrário
Morreu o antigo 2º. comandante-geral da GNR Augusto Monteiro Valente
Adolescente condenado na Holanda por homicídio após discussão no Facebook
Fogo em Águeda com mais de 24 horas dominado, centenas de hectares ardidos
Há cada vez mais não fumadores com cancro do pulmão

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

A ditadura dos linguistas
Como me curei de uma deficiência
Aposta na segurança vai continuar, apesar das dificuldades
Número "anormal" de casos de pneumonia em Serpa
Espanha e Comissão Europeia ajudam no combate aos fogos
15 grandes incêndios ainda ativos ao início da noite
Pinto Monteiro lamenta "feroz oposição interna e externa"

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Execução de diplomata argelino pelos islamitas do Mali "enerva" Argel
Nasa capta explosão solar
Incêndios forçam evacuação de 41 pessoas em três aldeias de Oliveira do Hospital
Cerimónia no quartel cria guerra com autarca
Custo do BPN é incógnita total para o défice
Fogo com mais de 24 horas dominado em Águeda deixa centenas de hectares ardidos
Raquel Cerqueira 8.ª no comprimento, Firmino Baptista nas "meias" dos 100 metros

Capa do i i

Jerónimo de Sousa diz que Passos Coelho vê a realidade do país ao contrário
Moçambique. Polémicas com empresas brasileiras pode comprometer imagem do Brasil
Águeda. Fogo com mais de 24 horas dominado, centenas de hectares ardidos
Morreu o antigo 2º. comandante-geral da GNR Augusto Monteiro Valente
Vidigueira. Fogo considerado dominado às 23h06
Raul Meireles assina por quatro anos com turcos do Fenerbahce
Neto do fundador da Red Bull mata polícia

Capa do Diário Económico Diário Económico

Zenit paga 100 milhões e tira Hulk ao Porto e Witsel ao Benfica
“A solução duradoura será, em parte, europeia”
Sapo quer ditar “modas” aos 17 anos
Troika empurra resultados do plano de resgate para o Governo
Avaliação da ajuda externa marca reunião da UGT
BCE vai ajudar países do euro mas só compra dívida de curto prazo
JP Morgan diz que Portugal será o primeiro alvo de Draghi

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Escolha a acção para Ulisses Pereira analisar
A primeira página do Negócios da edição de hoje
"No Governo estava ressentido" com alguma comunicação social
"Pensão social não pode ser eternizada"
Grupos privados não são "a destruição do SNS"
Se Paulo Macedo sair "a pessoa que vier será de certeza menos qualificada do que ele"
Almina diz ser mais do que uma mina

Capa do Oje Oje

Vendas de ligeiros de passageiros caem 33% em agosto face homólogo
Governo aprova plano para produção de petróleo em Portugal
Durão Barroso junta-se à rede social Twitter
FROB aprova injeção de 4500 milhões no BFA-Bankia
Quase metade dos empresários holandeses defende saída do euro
PSI 20 fecha a avançar 1,33%
PSI 20 cai em agosto 21% em termos homólogos

Capa do Destak Destak

Cientistas japoneses desenvolveram radioterapia que distingue células malignas
Carlos Cruz queixa-se ao Tribunal dos Direitos do Homem por violações cometidas no processo
Dominado fogo no concelho de Tomar ao fim de mais de 30 horas
Empresas vão investir até 1.200 ME em energia eólica marinha
Trabalhadores da Hyundai terminam greve na Coreia do Sul
Dissidente em greve de fome há 12 dias foi hospitalizado
Tufão "Bolaven" causou 48 mortos e 50 feridos

Capa do A Bola A Bola

Roberto Carlos tem teoria sobre tristeza de Cristiano Ronaldo
Maradona nomeado embaixador desportivo do Dubai
Udinese deixa Maicosuel fora da lista entregue à UEFA
Promessa do Atl. Madrid marca do meio-campo (com vídeo)
Capel ansioso por marcar golos
Com Arianny Celeste, o UFC tem outro encanto (com fotos)
Leonardo Jardim conta com mais um reforço

Capa do Record Record

Jesus aposta tudo em Matic
Rinaudo em busca da redenção
Galo não marca nem sofre golos no campeonato
Melhor arranque em quarta
Sassá e Alvarinho acertam rescisão
Orgulho nacional
Jovem águia supera leão na fase adulta

Capa do O Jogo O Jogo

Pedras rende pontos
Ex-Sporting reforça Coritiba
Cris no caminho do Braga
Raquel Cerqueira sexta no comprimento
Amorim e Dinis com longas paragens
Bruno Teles também na Rússia
Betinho na lista das 50 maiores promessas

CHACHADAS POLÍTICAS

Retrocesso escolar




Retrocesso escolar
  

Os bons costumes


Os bons costumes


 Corte & costura


Corte & costura
   

Ferramentas para um governo de sucesso

Ferramentas para um governo de sucesso

  
O final feliz
  • O final feliz

Cuidado com o Zé!


Cuidado com o Zé!

  

Passos no Facebook


Passos no Facebook 

  

Apupos ao Presidente


Apupos ao Presidente 

  

Começa o baile


Começa o baile



Cavaco promulga nova lei laboral


 Cavaco promulga nova lei laboral
  

Papa visita AR


Papa visita AR

  
O assunto do momento

   

Os novos métodos de ensino


Os novos métodos de ensino
  

As boas notas do menino Zezinho


Troik'in Rio

Troik'in Rio
  

Loira burra


Loira burra

  

Real conversa de circunstância

 Real conversa de circunstância


O transparente

O transparente

  

Jardim no parlamento

 Jardim no parlamento

 

EM PORTUGUÊS A GENTE SE ENTENDE




Falemos PORTUGUÊS
 

NÃO SÃO OS PORTUGUESES QUE TEM DE ESCREVER E FALAR «BRASILEIRO».
.
ESTE (
DES)ACORDO NÃO PODE NEM DEVE SER IMPLEMENTADO,
.
A BEM DA "LÍNGUA DE CAMÕES".
 
Já não são só a generalidade dos jornais que o ignoram: Correio da Manhã<http://www.cmjornal.xl.pt/> , Jornal de Notícias <http://www.jn.pt/paginainicial/>, Público<http://www.publico.pt/> , Diário Económico  <http://economico.sapo.pt/>  e Jornal de Negócios<http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=HOMEPAGE_V2> , além da revista Sábado <http://www.sabado.pt/>
 .
Já não só os angolanos<http://www.ionline.pt/portugal/jornal-angola-ataca-acordo-ortografico-recusa-negocios>  que se demarcam ou os moçambicanos<http://www.tim.co.mz/Noticias/Nacional/Nao-vai-ser-tao-ja-que-Mocambique-ira-ratificar-o-novo-acordo-ortografico> Ou até os macaenses <http://hojemacau.com.mo/?p=21165>. Sem excluir os próprios brasileiros<http://wwwmeditacaonapastelaria.blogspot.com/2012/02/e-enquanto-em-portugal-tanto-iluminado.html#links>
.
Por cá também já se perdeu de vez o respeitinho pelo Acordo Ortográfico. Todos os dias surge a confirmação de que não existe o consenso social mínimo em torno deste assunto.
.
São os principais colunistas e opinadores da imprensa portuguesa. Pessoas como Anselmo Borges, António-Pedro Vasconcelos, Baptista-Bastos, Frei Bento Domingues, Eduardo Dâmaso, Helena Garrido, Inês Pedrosa, Jaime Nogueira Pinto, João Miguel Tavares, João Paulo Guerra, João Pereira Coutinho, Joel Neto, José Cutileiro, José Pacheco Pereira, Luís Filipe Borges, Manuel António Pina, Manuel S. Fonseca, Maria Filomena Mónica, Miguel Esteves Cardoso, Miguel Sousa Tavares, Nuno Rogeiro, Pedro Lomba, Pedro Mexia, Pedro Santos Guerreiro, Ricardo Araújo
Pereira, Vasco Pulido Valente e Vicente Jorge Silva e outros MAIS......
.
É o ex-líder socialista, Francisco Assis, que se pronuncia sem complexos contra este «notório empobrecimento da língua portuguesa»<http://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/4054081.html>
 .
É o encenador Ricardo Pais, sem papas na língua<http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=537351>
.
É José Gil, um dos mais prestigiados pensadores portugueses, a classificá-lo, com toda a propriedade, de «néscio e grosseiro».<http://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/4084213.html>
.
É a Faculdade de Letras de Lisboa<http://www.ionline.pt/portugal/acordo-sem-castigo-faculdade-letras-lisboa-nao-impoe> que recusa igualmente impor o acordo. Que só gera desacordo.
.
Um acordo que pretende fixar norma contra a etimologia, ao contrário do que sucede com a esmagadora maioria das línguas cultas. Um acordo que pretende unificar a ortografia, tornando-a afinal ainda mais díspar e confusa. Um acordo que pretende congregar mas que só divide. Um acordo que está condenado a tornar-se letra morta, no todo ou em parte. Depende apenas de cada um de nós<http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2011N18406>

Passe para todos os seus contactos
.
É preciso evitarmos ser destruídos por falsos intelectuais, ignorantes e arrogantes que procuram a celebridade com palhaçadas à custa daquilo que Portugal tem de melhor. E os políticos com medo de serem chamados ignorantes (que são) alinham com qualquer fantasia que seja apresentada com ares de inteligência. COITADOS!

LADRÃO ABENÇOADO!

Economista da Fmi Albert Jaeger é roubado no eléctrico em Lisboa

Albert Jaeger economista da FMI foi dar uma passeio no eléctrico mais famoso de Lisboa, o 28, um eléctrico cheio de turistas. Este português vingou uma nação inteira ao roubar do bolso do FMI algo que eles têm feito há muito tempo.
O ladrão é agora um heroi na Internet e no Facebook onde já tem uma pagina de fãs!
Afinal ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão.
.
Carteirista assalta economista da Troika dentro do Eléctrico 28
 .
Albert Jaeger, economista austríaco do Fundo Monetário Internacional (FMI) residente em Lisboa, foi assaltado por um carteirista quando passeava de eléctrico.
.
Ao que o CM apurou, o roubo ocorreu na quarta-feira da semana passada. Albert Jaeger circulava como passageiro dentro do eléctrico 28 repleto de turistas, perto do Castelo de São Jorge, quando foi assaltado.

.
Sem que a vítima percebesse, o ladrão roubou-lhe a carteira e escapou sem ser detectado.

.
A Divisão de Segurança a Transportes Públicos da PSP de Lisboa recolheu a queixa de Albert Jaeger e agora investiga o crime.

.
O CM contactou ontem à tarde o gabinete do Fundo Monetário Internacional em Lisboa para tentar falar com Albert Jaeger, mas foi-nos dito que o mesmo se encontrava incontactável, em reuniões de trabalho.

.
Em declarações ao 'Expresso', publicadas em Julho, o economista disse que tinha sido assaltado no mesmo eléctrico.

.
( Texto do Correio da Manha )
Carteirista assalta economista da Troika dentro do Eléctrico 28


ANGOLA DOMINADA POR UMA ELITE RICA

São 32 páginas de interessante matéria relativa à realidade de Angola. Dado que neste blogue seria difícel ler a letra miudinha foram assim inseridas, as páginas em outro nosso blogue onde poderá ser lido. Clique  AQUI
 

KAOS:O professor aldrabão

«O primeiro-ministro e presidente do PSD, Pedro Passos Coelho garantiu este domingo que o défice está ser reduzido apesar do comportamento adverso da receita fiscal. 
"Volto a sublinhar que o défice está a cair, e cai sobretudo por causa da despesa e não por causa da receita, o que não deixa margem para duvidar de que o Governo está a cumprir o seu compromisso de cortar a despesa do Estado e a consolidar as finanças públicas", referiu o líder do PSD no discurso de ‘reentré' politica que marca o final da Universidade de Verão do PSD, em Castelo de Vide.»
Depois de ver a licenciatura do Miguel Relvas ainda temi que toda aquela juventude reunida em Castelo de Vide saíssem dali muitos doutores. Tanto mais que os professores não deram grandes lições bastando ver o Passos Coelho "ensinar" mentiras a toda aquela criançada.
É que a queda do défice, muito abaixo do que previu, (Unidade Técnica de Apoio Orçamental fala em 6,9% no primeiro semestre do ano) e mesmo assim conseguida com cortes anticonstitucional de subsídios de férias e Natal, um buraco colossal inventado e privatizações feitas à pressa.
(E, despedir professores, se corta na despesa, corta muito mais no futuro deste país). Passos Coelho foi dizer que estamos muito melhores que há um ano para tentar justificar o próximo orçamento, mas a realidade não é aquilo que um mentiroso diz mas aquilo que realmente é.
Pode mentir e enganar os miúdos da jota e até convencer alguns portugueses, mas quanto mais tempo passar mais pesada será a a realidade que lhe cairá na cabeça.

DURÃO BARROSO: "NÃO DEU CONTA DOS CONTRATOS..."



.
Ana Gomes escreveu:Afinal, trata-se do maior contrato de defesa celebrado por Portugal e pelo governo Durão Barroso: se como PM não deu conta de contratos tão grosseiramente ruinosos para o Estado, como pode na CE dar conta do contrato europeu?
Os submarinos são ponta de icebergue - há outros contratos de defesa imersos em corrupção e falsas contrapartidas.”
.
À MARGEM: Serve-me este trecho para me referir a Durão Barroso que se apresenta inocente não dando pela compra de dois submarinos  pelo seu ministro da Defesa Portas cujo este lhe serviu, pela coligação, para o guindar à ambição que ostentava de ser primeiro-ministro de Portugal.
.
Durão Barroso pretende armar-se em “chico esperto” ou comer os portugueses por ´burros´. Conhecemos de gingeira Durão Barroso que tanto foi comunista como, depois, entrou na ´gamela´, fascista sob o véu da democracia, pela mão do PM Aníbal Cavaco Silva.
.
Evidentemente que Durão Barroso teve conhecimento da compra de dois submarinos e temos uma certa dúvida se ele, também, não “abichou” algo na transacção, pois o ditado mantém-se: “cães e lobos comem todos”.
.
Do Portas não nos pronunciaremos nesta pequena peça, mas lá iremos nos referir sobre esta fraca e sinistra figura da política portuguesa cuja caída, se aproxima, no contentor do lixo
José Martins 
.
P.S. Clique  AQUI  Para ver o Durão Barroso de quando não era mais que um piolhoso

ANA GOMES E OS SUBMARINOS DO PORTAS




Submarinos: os alemães não colaboram? Então porquê?

AG
Admitamos que quem fala verdade não é o Procurador de Munique. Nesse caso, como eu escrevi na edição da semana passada do "SOL":

"É preciso apurar se, de facto, os alemães estão a entravar a clarificação dum assunto embaraçoso para o Presidente Barroso, por muito que ele se tente distanciar e a Comissão Europeia arraste os pés nas três queixas que lhe submeti.
.
Afinal, trata-se do maior contrato de defesa celebrado por Portugal e pelo governo Durão Barroso: se como PM não deu conta de contratos tão grosseiramente ruinosos para o Estado, como pode na CE dar conta do contrato europeu?
Os submarinos são ponta de icebergue - há outros contratos de defesa imersos em corrupção e falsas contrapartidas.
.
Há portugueses e estrangeiros responsáveis, mas impunes. Há parceiros e instituições europeias cúmplices, por acção e omissão. Os submarinos ora submergem, ora emergem - filosofa o ora ME/MNE Paulo Portas. Mas o Estado, esse, afunda-se, quanto mais tarda a Justiça.

(O artigo, publicado no jornal "
SOL" , pode também ler-se aqui, integralmente na ABA DA CAUSA)

Submarinos - em Estado afundado 

por Ana Gomes
.
Sumiu o processo decisório que levou à assinatura, em 2004, dos contratos de aquisição e contrapartidas dos submarinos, queixa-se o MP, que não deu conta do alarme na imprensa, em 2007, sobre o afã digitalizador do Ministro da Defesa que decidiu aquele e outros negócios ruinosos para o Estado, mesmo antes de sair do MDN.
.
Quanto mais vai o MP demorar a procurar, se não os originais, ao menos as cópias, nos arquivos levados por Paulo Portas do MDN?
.
E não é para que toda a tramitação desapareça dos arquivos ministeriais - ou nem sequer nunca neles apareça - que governantes (de todos os partidos) entregam a escritórios de advogados e a bancos a negociação de contratos por parte do Estado, à margem das estruturas especializadas do funcionalismo?
.
Os submarinos podem não desamarrar do Alfeite sem verba para combustível ou por defeitos de fabrico que fazem a Marinha recusar a entrega definitiva. 
.
Mas dão para assestar periscópio sobre as profundezas sinergéticas exploradas pelo Ministro que entregou à ESCOM/GES a engenharia financeira dos contratos, em serviço facturado ao Estado a 30 milhões de Euros, faltando apurar quanto onerou os contribuintes a favor dos consórcios, o dos fornecedores alemães e o dos bancos financiadores.
.
Este, claro, incluía o BES! E o primeiro a FERROSTAAL, que desde 1996 contratara a mesmíssima ESCOM para tratar do contrato a arrancar ao Estado português e montagem das contrapartidas! 
.
Não fosse a ESCOM/UK encaminhar o milhão de euros depositado, em parcelas e à pressa, no final de 2004, na conta bancária do CDS, por personagens fictícias como "Jacinto Leite Capelo Rego" (escutas "caso Portucale") e não haveria investigação sobre submarinos...
.
Ironia é ter sido o nosso MP quem accionou a busca conjunta à sede da FERROSTAAL, em 2008, onde foi apreendida vasta documentação sobre a venda dos submarinos a Portugal e Grécia.
.
Na base da qual um Tribunal em Munique, em Dezembro de 2011, condenou quadros da FERROSTAAL por corrupção na Grécia e ... em Portugal. Lá, um Ministro implicado já foi preso.
.
Cá, os decisores nunca foram sequer ouvidos pelo MP!
Ora o nosso MP viu a documentação apreendida na Alemanha e sabe quem lá vem indiciado. Só que aí entrou em acção o PGR Pinto Monteiro: em vez de apoiar as procuradoras que desenvolveram a investigação, removeu-as dela.
.
Tudo continua, assim, ... submerso. Há tempos, o PGR enredou-se em contradições para explicar a demora, sendo logo desmentido pela Ministra da Justiça. O Procurador de Munique garantiu-me, por escrito, já ter respondido aos pedidos da PGR. Mas esta diz aguardar ainda elementos da Alemanha.
.
É preciso apurar se, de facto, os alemães estão a entravar a clarificação dum assunto embaraçoso para o Presidente Barroso, por muito que ele se tente distanciar e a Comissão Europeia arraste os pés nas três queixas que lhe submeti. 
.
Afinal, trata-se do maior contrato de defesa celebrado por Portugal e pelo governo Durão Barroso: se como PM não deu conta de contratos tão grosseiramente ruinosos para o Estado, como pode na CE dar conta do contrato europeu?
.
Os submarinos são ponta de icebergue - há outros contratos de defesa imersos em corrupção e falsas contrapartidas. Há portugueses e estrangeiros responsáveis, mas impunes. Há parceiros e instituições europeias cúmplices, por acção e omissão.
.
Os submarinos ora submergem, ora emergem - filosofa o ora ME/MNE Paulo Portas. Mas o Estado, esse, afunda-se, quanto mais tarda a Justiça.

Publicado no jornal "O
SOL", dia 31.08.2012
[Publicado por AG] [3.9.12] [Permanent Link]