Translator

sábado, 8 de setembro de 2012

as capas dos jornais e as principais notícias de Domingo - 9.9.2012



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Agredida pelo ex-namorado
Albufeira: Residência assaltada
PJ investiga abuso sexual de deficiente
Aguiar-Branco: Medidas prejudicam
Moita: Casal leva ouro a idosa
Germano Couto: Faltam enfermeiros
Lisboa: Colégio da Lapa por 1 euro

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
Passos diz ter informado os portugueses de que “os sacrifícios ainda não terminaram”
Três das praias-maravilha ficam no Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Corte de um salário vai ser permanente para todos
Ensino Superior com a menor procura desde 2006
Campeão Benfica abre campeonato com vitória
Portugal derrotado pela Bielorrússia na qualificação do Euro

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Fogo em Arganil continuava ativo esta madrugada
Litoral alentejano tem duas praias entre as 7 Maravilhas
Praias de Beja, Lisboa, Bragança, Faro, Açores e Madeira venceram concurss
Limpeza de poço de água faz cinco mortos e dois feridos
Explosivos militares encontrados em casa devoluta
Situação explosiva
"O grande porto da Europa"

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Julgamento de Renato Seabra adiado
Concelho de Odemira com duas praias entre as Sete Maravilhas
Viagem-relâmpago de helicóptero para salvar duas vítimas
Câmara hiperbárica do Pedro Hispano tem histórico de êxito
Embriagado em contramão provoca acidente mortal
Famílias enfrentam novo ano letivo com rendimento reduzido para fazer face às contas
Portugueses vão pagar mais à Segurança Social que os alemães

Capa do i i

Chaves: libertação de gás em poço faz pelo menos quatro mortos
Almunia pede maior integração económica para restaurar crescimento
Bernardino Soares. Passos Coelho ofereceu "desconto ao patronato" com novas medidas
PSD diz que vantagens para as empresas vão chegar à economia
Síria. Condutas destruídas deixam Alepo sem água potável
Moreira da Silva. Problemas levantados pelo Tribunal Constitucional encontram-se resolvidos
Ministro Mota Soares vaiado por duas vezes no único concelho liderado pelo CDS

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Passos Coelho: "Não baixaremos os braços até o trabalho estar feito"
183 estudantes entraram na universidade sem precisarem de fazer exames nacionais
Desde 2005 que não sobravam tantas vagas na primeira fase de acesso ao Ensino Superior
Há cada vez menos estudantes a concorrer ao Ensino Superior
Finanças dizem que eliminação de até dois salários é "especulativa"
Privados podem afinal perder até dois salários líquidos, Função Pública perde até três (act2)
Secretário de Estado da Saúde defende aumento de preço do tabaco para diminuir consumo

Capa do A Bola A Bola

James pronto para afirmação como estrela
Patrício nos mais bem pagos
«Estamos a provar que temos muita qualidade» - Bruma
Desejo de pagar em campo o que pagaram por ele
Kournikova está de volta e... melhor do que nunca
Ricardo e Djaniny marcam na vitória de Cabo Verde frente aos Camarões
Klitschko mantém título após arbitragem interromper combate

Capa do Record Record

Capel: «Ainda tenho muito para dar ao Sporting»
SAD resistiu ao mercado a bem da competitividade
Veia goleadora de CR7 ganha força com Bento
Panzer de reserva
O reencontro na Segundona
Samaras falha Lituânia por lesão
Pedro pede atenção para a Geórgia

Capa do O Jogo O Jogo

Estudantes a jeito para repetir o filme
Tottenham vai oferecer 8 milhões por Ganso
Meia-final suspensa e final adiada
Portugal derrotado pela Turquia
Frederico Silva campeão de pares no US Open júnior
Para Hulk o passado não interessa
Sportinguista Caudron nas meias-finais




AS VAIAS SEM MERDA NÃO VALEM!


Ministro Mota Soares vaiado duas vezes no único concelho do CDS


Ana Peixoto Fernandes - JN
Vaias à chegada e à partida. O ministro da Segurança Social, Pedro Mota Soares foi este sábado à tarde apupado em Ponte de Lima, onde se deslocou para assistir, como convidado de honra, ao cortejo etnográfico das Feiras Novas.
foto Sérgio Freitas/Global Imagens
                        Ministro Mota Soares vaiado duas vezes no único concelho do CDS

Quando Pedro Mota Soares chegou à tribuna de honra o povo manifestou-se com apupos e assobios, acabando depois por acalmar. A expressão da indignação repetiu-se quando o ministro se retirou.
.
Durante o desfile, que durou cerca de duas horas, dois homens que integravam um dos carros alegóricos regaram os convidados da tribuna com água e ouviram-se ainda alguns comentários de incentivo por parte de populares.
.
À MARGEM: Regar com água não chega.... com merda caldeada na água sim! Regai esta gente, incompetente, com muita, mas muita merda!

CIMEIRA DA APEC




Hu atende reunião da APEC em Vladivostok
Atualizado: 2012-09-08 17:22
(Xinhua)
 
.
VLADIVOSTOK - O presidente chinês, Hu Jintao, e outros líderes de Ásia-Pacific Economic Cooperation (APEC) reuniram-se, neste sábado, para discutir a acção coletiva para garantir um crescimento estável na região.

                   Hu attends APEC meeting in Vladivostok
O presidente chinês, Hu Jintao discursa na Assembleia Geral de 20 APEC Líderes Econômicos "em Vladivostok, leste da Rússia, 08 de setembro de 2012. [Foto / Xinhua]
.
 

A Cimeira de dois dias da APEC Líderes Econômicos ", sob o tema" Integrar para Crescer, Inovar para prosperar ", os líderes discutiram o comércio ea liberalização de investimentos, a integração económica regional, o fortalecimento da segurança alimentar e estabelecer cadeias de abastecimento fiáveis, bem como cooperação para promover o crescimento inovador.
.
Reunião da APEC deste ano foi convocada num momento em que fatores desestabilizadores e incertezas de destaque na economia mundial.
.
No momento, as principais economias estão experimentando um crescimento lento, a demanda global permanece fraca, as economias da zona do euro são confrontadas com uma grave crise da dívida, o comércio internacional nomeadamente diminuiu, eo desemprego ainda é alto em muitas economias avançadas.
.
Enquanto perseguir a meta da APEC do livre comércio e de investimento, os líderes da APEC vão tomar medidas para fortalecer a cooperação para lidar com esses problemas agudos, que ameaçam o crescimento estável da região.
.
As autoridades chinesas, disse Hu iriam apresentar pontos de vista da China para a reunião sobre como promover mundial eo crescimento econômico regional, e elaborar a posição da China sobre os temas da reunião deste ano.
.
Destacando a agenda da reunião, o presidente russo, Vladimir Putin, disse quarta-feira que o principal desafio para a Rússia e todas as economias da APEC agora é apoiar o crescimento sustentável.
.
"Nós sugerimos que o diálogo em foco Vladivostok em liberar o comércio e os fluxos de investimento para estimular o crescimento econômico, tendo em conta as novas realidades, como a adesão da Rússia à Organização Mundial do Comércio", disse Putin em um artigo publicado no Wall Street Journal.
.
"Fizemos a segurança alimentar uma prioridade especial para discussão na cimeira, uma proposta que os outros participantes suportados. Instabilidade nos mercados globais de alimentos pode levar a graves riscos econômicos e sociais. Devemos oferecer conjuntamente respostas para esse desafio", disse ele.
.
No final do dia, os líderes se reunirão os membros do Conselho Consultivo de Negócios da APEC (ABAC) para buscar as suas recomendações para o trabalho futuro em áreas prioritárias especificadas.
.
Os líderes da Apec e representantes ABAC deverão trocar opiniões sobre questões como a Rodada de Doha de negociações comerciais globais, a integração económica regional e de segurança alimentar.
.
Ministro Adjunto do Comércio chinês Yu Jianhua, em entrevista à imprensa na semana passada informou que os membros da Apec precisam de ter em mente a natureza do grupo, respeitar o princípio do consenso, tomar diferenças membros em consideração e defender a não discriminação, a abertura ea tolerância, enquanto avançar na integração regional.

No final do encontro de dois dias, os líderes eram esperados para emitir uma declaração que irá delinear o futuro desenvolvimento da região.

APEC é o principal fórum econômico na região Ásia-Pacífico.

Desde o nascimento da APEC em 1989, cresceu para abranger 21 membros em quatro continentes, e representa a região economicamente mais dinâmica do mundo, respondendo por cerca de 40 por cento da população mundial e possui 57 por cento do PIB mundial e cerca de 48 por cento do global comércio.
.
Economias da APEC 21 membros são: Austrália, Brunei, Canadá, Chile, China, Hong China Kong, Indonésia, Japão, República da Coréia, Malásia, México, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Peru, Filipinas, Rússia, Cingapura, Taiwan, Tailândia, Estados Unidos e Vietname.

"NOVAS MEDIDAS DE AUSTERIDADE....."


Novas medidas de austeridade podem levar governo a ser responsabilizado "civil e criminalmente"


RTP | Publicado há 51 minutos
.
A opinião é do constitucionalista Jorge Bacelar Gouveia, ex-deputado do PSD e foi expressa no Diário de Notícias. 
.
Bacelar Gouveia afirma que os planos anunciados sexta-feira pelo primeiro-ministro Passos Coelho desobedecem ao Tribunal Constitucional (TC) o que pode meter o governo "num grande sarilho". 
.
"A desobediência a uma decisão do TC pode ser objeto de responsabilidade civil e criminal", afirma o constitucionalista.

Para o meu pai, que se chama Adriano Moreira


“Não envelhece quem envelhece ao nosso lado” Adriano Moreira
.
“Pois não.
.
Sugeriram-me que escrevesse um texto sobre o Adriano Moreira, que completa agora 90 anos, sem que olhando os seus olhos jamais tivesse dito esse nome, porque o meu Adriano Moreira chama-se pai.
 .
Difícil, por isso, escrever sobre quem é de certa forma de todos, mas é, em tantas coisas, só meu; difícil não abrir as portas de uma intimidade que me salva todos os dias, difícil agradecer, também aqui, para além da gratidão que expresso a um trasmontano que ecoa nas minhas escolhas, nas minhas alegrias, nas minhas dores, nas minhas palavras e nos meus silêncios.
 .
Somos civilizacionalmente dados a datas, a marcos no tempo que passa, como que para o parar por uns instantes: os números redondos de aniversários são caso disso – 90 anos. O meu pai era igual aos 89 e será igual aos 110, mas faz 90 anos e por isso paramos um instante, como que para fazer uma inscrição da pessoa, do menino que veio da aldeia para estudar, filho de pais heróis e que teve a vida esplendorosa que não me cabe contar.
.
Posso dar o testemunho do que o meu pai fez à minha vida, posso explicar melhor por que razão escrevi numa dedicatória que o meu pai é o homem da minha vida, posso explicar melhor como os princípios essenciais que norteiam a minha vida pública e privada foram bebidos daquele trasmontano, que é ansioso como eu, mas mais contido: limita-se a enrolar os polegares um no outro que subitamente são os do seu pai, o meu avô.
.
Se é verdade que a política rouba muito tempo à família, aconteceu-me interessar-me pelo fenómeno muito cedo e seguir o meu pai em comícios e iniciativas afins pelo país fora na campanha de 1987. Eu tinha 11 anos e queria saber tudo, o que tinha sido aquilo da moção de censura do PRD, por que é que era mau as eleições europeias e as nacionais serem no mesmo dia (voto útil), queria fazer sondagens pessoais, mas queria, sobretudo, ouvir. 
.
Durante essas eleições, e mais tarde, ouvi o meu pai defender o privilégio dos pobres, por exemplo. Com 11 anos não entendia o significado total da reclamação, mas fui compreendendo que o combate à pobreza teria de estar sempre no topo da lista das obrigações da governação. 
.
Por isso percebi também o que era aquilo da esperança concreta – que de resto influenciou a minha tese de mestrado -, a exigência de direitos sociais concretizados: eis a habitação; eis a escola pública; eis os cuidados de saúde, etc. Outro princípio que ficou gravado na minha carne foi o de que o voto útil só é útil para quem o recebe.
.
Esta moldura social e política era e é concretizada na forma como o meu pai vive a sua vida, o que me traçou – até com alguma violência – a certeza de que tudo o que somos e fazemos é ideológico.
.
Não se pode pregar contra o capitalismo selvagem e ter por moral uma vida de luxos exuberantes que nos diferenciem do outro. Daí a frase do meu pai, que penso ter aprendido do seu avô Valentim: – o que nos define é a maneira como vivemos a vida e não a maneira como ganhamos a vida.
.
Vendo o que o meu pai fez, faz e vai continuar a fazer com a sua vida pública e privada, recordando os princípios que enunciei e tantos outros, dou por mais simples concluir que o meu pai, essa palavra que persigo, norteou e norteia tudo o que toca de acordo com um princípio elementar de justiça. Se isso faz dele uma espécie de oleiro do que procuro ser, há razões muito mais profundas para eu estar a escrever sobre o homem da minha vida. 
.
Elas estão espalhadas pelos livros que escrevi, as personagens estão sempre à procura do pai, e a mim aconteceu-me a circunstância de a referência masculina estável da minha vida que nunca quebrou uma palavra, que sempre me apoiou, não apesar de eu ser assim, mas sobretudo porque eu sou assim (chama-se amor, filha – diz-me), numa relação recíproca de reconhecimento da autenticidade da ideia que saia da boca do outro foi o meu pai, que se chama Adriano Moreira.
.
A meu respeito escreve-se quase sempre a deputada independente do PS Isabel Moreira, filha do Professor Adriano Moreira. Às vezes com segundas intenções, mas não faz mal. A frase é, sem que o saiba quem a escreve, violentamente identitária.
.
Agora em discurso direto, obrigada, meu amor, parabéns, prometo plantar macieiras no dia seguinte ao dia pior da minha vida e não te esqueças disto, que um dia escrevi num sítio esquecido: “Aprendi a sabedoria de dizer esta sou eu, sem medo, e queria que soubesses e sentisses que sou tão feliz na nossa ansiedade partilhada como o era após o jantar sentada no teu colo com a tua gravata gravada na minha face. 
.
Não há tempos díspares, portanto, entre nós, como um dia escreveram; há antes uma intensa proximidade, calhando apenas que eu falo mais porque conto com a tua prudência e porque sinto que te faz bem o choque emocional feito em verbo.
.
Sempre que nos sentamos a almoçar, observo-te reclamando toda a tua vida. Pareces-me pronto a explodir, digo. Mas quero explicar que é esse teu estado limite que te torna um ser com o rosto de que não prescindo à minha secretária. 
.
Escreves sobre o humanismo e a esperança que é sempre uma criança que nasce, mas no concreto da tua pele não foges, porque não podes, ao pessimismo que te assombra a visão do que esteve para ser e o acaso não permitiu ou do que simplesmente surge preto por mais que um poeta clame por claridade. É essa contradição remoída nos teus dedos que amo. 
.
Que faz de ti uma pessoa muito antes de seres um intelectual. E sei que essa dor sangra de uma ferida que se chama exigência. Hoje gostava que soubesses que sofro dessa ferida, dessa exigência violenta. Não trocava a minha ansiedade e a dor dela pela calma feliz que tem o preço da não-reflexão. O mesmo é dizer que gosto de ti sempre pronto a explodir”.”

(No Público de ontem)

KAOS:O discurso do filho-da-puta



Podia fazer aqui um texto a falar da pulhice que foi esta comunicação ao país do Passos Coelho e sobretudo da desgraça que isso vai representar no futuro, não resolvendo nada, dando dinheiro a ganhar aos grandes grupos económicos e lixando tanto quem trabalha como o pequeno comércio.
Podia, mas prefiro fazer uma pergunta.
Será que vai este povo continuar calado e quieto?
Os números não enganam e já é evidente que esta politica nos leva de mal a pior.
Vamos continuar a ficar em casa?

GENERAL EANES ANGUSTIADO



Reacção

Ramalho Eanes "angustiado" diz já não ter tempo para ver o país melhorar

Económico com Lusa  
07/09/12 21:26
O antigo Presidente da República Ramalho Eanes manifestou hoje uma "certa 
angústia" por acreditar já não ter tempo de vida suficiente para ver Portugal recuperar de uma situação que diz "difícil, não negra".
"Sinto uma certa angústia porque entendo que já não tenho tempo para ver o país melhorar. E obviamente isso preocupa-me por tudo: pelo país, pelos meus filhos e pelos filhos dos outros", disse aos jornalistas em resposta às novas medidas de austeridade hoje anunciadas pelo Governo. Ramalho Eanes falava em Lisboa, à entrada ,para o jantar de homenagem aos 90 anos de Adriano Moreira”.
.
A MARGEM: Claramente que o General Ramalho Eanes não vai ter, tempo de ver Portugal, economicamente, firmado e as pessoas viverem felizes. Eu  como o Senhor General não vou dar conta disso e, certamente, os portugueses na casa dos 40 anos.
.
Os Governos, desde 25 de Abril de 1974, que dirigiram o país destroçaram completamente, as instituições, o amor pátrio e Portugal embora me custe a afirmá-lo é uma nação, decadente, sem futuro e em risco de um país perdido.
.
Actualmente, dirigentes/governantes, políticos, que tiveram funções em vários executivos estão silenciados  e vão recebendo suas reformas chorudas, enquanto outros (a maioria) a passar muito mal e alguns a passar fome.
.
Portugal passou a ser um País em que a Justiça é apenas aplicada aos pobres, enquanto que os crimes de peculato e corrupção praticados pelos do colar branco passam despercebidos.
.
José Martins