Translator

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2013.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Burla envolve dois primos de Fábio Coentrão
Vale e Azevedo: Libertado em 30 dias
Rogério de Carvalho: Prémio da Crítica
Carminho: Esgota no Brasil
Silvio Berlusconi: Audiência adiada
Gaia: Ferido em desacato familiar
Loulé: Homem atropelado

Capa do Público Público

CDS-PP rejeita ouvir ministro da Economia no parlamento sobre Franquelim Alves
Polícia mata raptor e resgata criança no Alabama
P. Ferreira-Estoril interrompido devido ao nevoeiro
Cristiano Ronaldo não sabe se joga contra o Equador
Sorteio da Lotaria Clássica
Clubes europeus com prejuízo recorde de 1700 milhões de euros em 2010-11
Concurso para professores contratados corre o risco de ser suspenso

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

O problema moral com Franquelim Alves
Triunfo dos porcos? Não, das galinhas!
Circulação na linha vermelha está normalizada
Linha vermelha do metro com problemas de circulação
Movimento exige mudanças de avaliação em Coimbra
Toma prolongada de medicamento reduz cancro da mama
Fenprof pede reunião urgente com Passos Coelho

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Marisa solidária na luta contra o cancro
PSD rejeita audição do ministro da Economia sobre nomeação de Franquelim Alves
Dirigente iraniano diz que Israel vai lamentar "agressão" contra a Síria
Pechinchas na net atraem portugueses
Ginástica faz lixeiros sorrir mais e faltar menos
Líbios vão liquidar salários do Hospital Privado de Guimarães
Menino britânico é incapaz de sorrir

Capa do i i

Cristiano Ronaldo: 28 anos e centenas de golos marcados - vídeo
PSD rejeita audição do ministro da Economia sobre nomeação de Franquelim Alves
Governo dos EUA processa agência de 'rating' Standard&Poor's
Paços de Ferreira-Estoril foi interrompido devido ao nevoeiro e será concluído na terça-feira
Unicef mostra primeira foto de filho de Shakira e Piqué
Medidas de austeridade na TAP são "populistas" e "sem carácter técnico", dizem sindicatos
Actor Pepê Rapazote participa em série norte-americana -vídeo

Capa do Diário Económico Diário Económico

Quando os resultados não interessam
O Governo agora vai ter de remodelar
Polémica desnecessária para o Governo
A primeira página do Diário Económico
Casa da partida
Alemanha paga a jovens portugueses que queiram estudar no país
Candidatos a estágios no Estado superam oito vezes vagas disponíveis

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

FPF pagou 600 mil euros retidos no Totonegócio a 16 clubes não devedores
Transportadoras pressionam donos da ANA a não aumentar taxas
Bárcenas: "O caderno não existe nem nunca existiu"
O Pátio das Tolices
O primeiro sinal de mudança na SLN
A falta de pudor
Governo admite novos cortes salariais na Função Pública

Capa do Oje Oje

Lucro da Swatch aumenta 26% em 2012
HTC prevê nova quebra das vendas
Panasonic surpreende com ganhos
Fiat/Chrysler antes do final de 2014, diz CEO
Quidgest recruta 40 talentos este ano
Distribuição da riqueza
Rioforte/GES investe 15 milhões a três anos na área florestal, no arroz e na horticultura

Capa do Destak Destak

Líder sul-coreano diz que Coreia do Norte poderá realizar múltiplos ensaios nucleares em simultâneo
Dois mortos em ataque contra simpatizantes do Presidente do Equador em vésperas de eleições
Polícia norte-americana mata sequestrador de Alabama e liberta criança feita refém há uma semana
Tóquio convoca embaixador chinês para protestar contra nova intrusão nas águas das ilhas disputadas
Bolsas asiáticas em baixa, penalizadas pela instabilidade política na Europa
Paulo Portas prepara visita a Caracas para reforçar cooperação bilateral
Argentina altera método de cálculo da inflação e congela preços, em resposta ao FMI

Capa do A Bola A Bola

UEFA quer saber de onde vem o dinheiro do Manchester City
Internacional: Bolatti a caminho do Racing
Twente: Douglas rejeita Anzhi
Zenit: Spalletti afasta hipótese de regressar à Roma
«O Benfica é incrivelmente grande» - Ola John
«Disseram que não dava o mesmo que Falcao» – Jackson Martínez
Liverpool – Debrecen na mira da Europol

Capa do Record Record

Scolari empolgado no regresso
Yazalde irónico a decidir
Arturo Alvarez no Videoton
Sabella tenta convencer Icardi
Cédric e Dier preparados para render Miguel Lopes
Portugal favorito frente ao Equador
Uma fotogaleria atrevida e provocante

Capa do O Jogo O Jogo

Gascoigne deu entrada numa clínica
"Jogo até na baliza"
UEFA avisa PSG e Manchester City
Matías Fernandez pode reforçar River Plate
"Arrependo-me de não ter jogado mais com Messi"
FPF paga 600 mil euros aos não devedores
Autarca em peditório por Riquelme

O JORNAL "O CRÁPULA" DE 5.02.2013



SÁ CARNEIRO DITOU....

O POVO VIVEU ACIMA DAS SUAS POSSIBILIDADES ???



Zé do Tijolo resolveu fazer uma vivenda . Com as poupanças de uma vida de trabalho e uns dinheiritos que recebeu da herança dos seus sogros satisfez o sonho compartilhado com a mulher.
.
Pagou 23 % de IVA sobre os materiais , pagou as certidões das Finanças  e da Conservatória , pagou o Imposto de Transacções , pagou o imposto de selo , pagou a Escritura e respectivo registo, pagou a ligação da água e da electricidade , pagou à Câmara as licenças, etc. etc. etc.
.
Apesar de ter perdido tanto tempo para pagar todos estes impostos ao Estado e de ter de pagar ainda durante toda a vida uma renda chamada  IMI ,ficou de sorriso rasgado ao olhar para a sua bela casinha. O seu esforço , os muitos sacríficios e privações tinham valido a pena : tinha um teto a que podia chamar seu... Qual não é o seu espanto quando houve um comentador de economia na TV, sujeito engravatado e bem falante, dizer o seguinte :
.
- o país está nesta grave crise porque os portugueses gastaram demais , construíram demasiadas moradias, por isso os sacrifícios impostos pela Troika , blá, blá, blá...
.
Zé do Tijolo sentiu-se um Zé do Calhau ! Sempre tinha pensado que tinha feito a sua casinha com o seu próprio dinheiro e nem um tostão tinha pedido ao Estado ! Era tão idiota , tão imbecil que chegara mesmo a pensar , dada a enorme panóplia de impostos que tinha liquidado ao Estado, que esse mesmo Estado devia estar agradecido pela sua contribuição.
.
Este importante catedrático de economia veio-lhe abrir os olhos. Afinal o dinheiro que tinha penosamente poupado ao longo da vida não era seu...nem o dinheiro da herançazita ...porque se fosse realmente seu como poderia  ser responsável pela crise do país ?
.
Zé do Tijolo sentiu uma enorme vergonha e remorso por ter feito o imóvel  e ter dado trabalho e dinheiro a ganhar a tantas artes, provocando , segundo a tal sumidade catedrática , a bancarrota do seu país adorado.
.
O sorriso rasgado do Zé do Tijolo transformou-se num esgar : era ladrão... tinha roubado a pátria lusa e vivido acima das suas possibilidades...!?!?
.
O Manel Fangio vestiu-se com primor . Pegou no filho de 18 meses ao colo e acompanhado da mulher dirigiu-se ao Stand no centro da cidade. Ia ansioso e não via a hora de sentar o seu fiofó naquele sonhado Renault Clio prateado . Deu um longo suspiro de satisfação.
.
Não mais teria que conduzir a velha e ruidosa motorizada , com a proa empinada pelo peso dos nadegueiros roliços da companheira grávida , obrigando-o a um equilibrismo de artista circense.
O pior era o inverno ,  chuva e  gelo  , quando tinha de levar e trazer o rebento do infantário .
.
Cortava-lhe o coração sujeitar o filho a tais condições e tremia de medo só de imaginar um acidente, que andava sempre à espreita . Águas passadas : agora tinha um popó que poderia chamar seu. Bem , não era mesmo seu porque pedira emprestado ao banco uma parte do dinheiro e só após 48 prestações mensais poderia ficar registado como sua propriedade. Manel Fangio , assinou ansioso os documentos :  o ISV , o IVA , o IUC , o seguro e o registo provisório...
.
Agora era rodar a chave , parar na estação se serviço e abastecer de combustível . Ufa ! Achou caro : o funcionário argumentou que sobre o preço do litro incidia um imposto para o Estado de 58 %, repartido pelo ISP e IVA.
.
Bem...não havia nada a fazer : era pagar e "não bufar" porque se bufasse estava sujeito a acelerar a evaporação do precioso líquido. Apanhou a SCUT e escutou nos pórticos um piar . Não , não era o chilrear de uma ave a repousar do vôo. Era a electrónica a zelar pelo erário público...
.
Enfim, chegou a casa. Ligou a "caixa que mudou o mundo" e escuta o perorar  papagueado de um anafado comentador político , que dizia :
.
- o país está na bancarrota porque o povo viveu acima das suas possibilidades reais , compraram-se muitas viaturas , agora é preciso pagar a factura e aceitar a austeridade , blá , blá , blá...
.
Manel Fangio escorregou do sofá . Tinha, de facto , pedido dinheiro ao banco para pagar o automóvel , tinha pago do seu bolso todos os impostos inerentes ao Estado , nunca lhe passou pela "cachimónia" ,nem se lembrava, de ter pedido dinheiro ao dito Estado para comprar o veículo !!! Como poderia ser responsável pela crise do país ?
.
Bem...este lustroso político , licenciado em economia ainda muito jovem , com apenas 37 anos , possuidor de uma retórica invejável não podia estar enganado...era um doutor...
.
O sorriso de satisfação do Manel Fangio murchou: era um corrécio...tinha esbulhado a ditosa pátria muito amada , levando com o seu escandaloso dislate rodoviário o país à ruptura financeira...
.
Os pecados implicam penitências. Manel Fangio e sua família , incluindo o rebento e o que estava para rebentar , teriam que pagar durante décadas e com "língua de palmo" pelo crime da exuberância de ter passado da motorizada para o Clio.
como sou burro...
como sou jumento...
como sou asno...
como sou solípede...
como sou cavalgadura...
como sou asinino..
como sou jegue...
como sou azémola...
como sou alimária...
como sou tudo isso e muito mais...
e com a jeriquisse crónica de que sou feliz portador ou contemplado, pergunto :
O Zé do Tijolo e o Manel Fangio pediram algum dinheiro ao Estado ?
Viveram acima das suas possibilidades ou viveram com as suas possibilidades ?
Como podem ser criticados ou responsabilizados pelos médias ( apetecia-me dizer merdas...) pela crise que o país atravessa ?
O dinheiro não era deles ? e não podiam fazer com o seu dinheiro o que muito bem desejassem ?
Não pagaram, para além disso , uma imensidade de impostos ?
Em resumo: quando vejo os economistas residentes e afins ,a justificar a austeridade com o argumento de que o povo foi despesista ( para branquear a corrupção endémica dos políticos )
.
apetece-me mandá-los apanhar no subilatório...e só não mando porque não quero matar alguns com mimos...Pensem nisto e deixem de me fecundar...porque fodido ando eu...
.
Por favor..., Não me fecundem; porque fo---o ando eu! 
El Jerico assanhado

Brevemente, será obrigatório em casa... o Cagómetro!


... de todos os Portugueses, a fim de que o Ministério das Finanças,  possa calcular o novo imposto;
o CAGÓMETRO !

 

KAOS:Um governo unido…



paulo portas passos coelho viagem governamental
Ia falar do tal Secretário de Estado que veio do BPN e da reacção do CDS mas percebi agora que não me apetece.

Pedro Sousa Carvalho: A Frase




Claro que as pessoas em causa poderiam não ter a intenção de dizer aquilo que achámos que disseram. Claro que com a crise estamos todos mais sensíveis. Mas há uma coisa que assusta nas palavras de Ulrich: a vida ou a morte, ter abrigo ou não ter abrigo, não podem fazer parte da métrica para se medir a austeridade. A austeridade devia acabar quando começa a faltar a dignidade.
Pedro Sousa Carvalho, Diário Económico

"....MAS NÃO PASSA DISTO."




Portugal - As taxas moderadoras na Saúde






DELINQUÊNCIA À VISTA!

Tranquilo como de quando deu à luz o licenciamento, falso, do dr. Miguel Relvas!

Passos "muito tranquilo" com nomeação de antigo gestor da SLN


RTP | Publicado há 11 minutos
O primeiro-ministro quebrou esta segunda-feira o silêncio e reagiu à controvérsia política suscitada pela escolha de Franquelim Alves para a Secretaria de Estado do Empreendedorismo, escusando-se a “polemizar à volta disso”. Pedro Passos Coelho disse estar “muito tranquilo com a nomeação” do antigo administrador da Sociedade Lusa de Negócios e sustentou mesmo que se trata de “um reforço muito importante” para o Ministério da Economia. O chefe do Executivo rejeitou que “qualquer pessoa que tenha no seu currículo ter estado algum dia no BPN” não possa “fazer mais nada na vida”. E sublinhou desconhecer qualquer posição oficial de “desconforto” do CDS-PP.

KAOS:Não vamos deixar morrer uma ideia

Passos Coelho miguel relvas paulo portas vitor gaspar funeral da democracia
Depois de um fim de semana a participar no 2º Encontro Nacional de assembleias Populares, longe das noticias e dos problemas que deprimem o do dia a dia de tantos de nós, que boneco podia eu fazer. Depois de dois dias a falar de democracia directa e horizontal o que correu bem e mal durante o último ano e que perspectivas e soluções poderíamos encontrar para ultrapassar as dificuldades havidas que boneco queria eu fazer.
Durante este último ano muitos movimentos sociais que utilizavam uma democracia directa e aberta a todos, pelos problemas reais que todos os dias temos de viver, desemprego, miséria, fome, destruição do SNS, da escola pública, do sistema de segurança social, redução de salários, destruição do património publico, etc. etc. etc. etc., perderam a perspectiva da criação de uma nova democracia mais verdadeira e participativa substituindo-a por uma luta mais tradicional contra o governo e as suas politicas.
Embora seja compreensível que essa tenha sido a opção de alguns também sabemos que esse caminho é mais do mesmo, e o pedido da demissão deste governo, como o 12M fez em relação ao governo do aldrabão do Sócrates, só fará prolongar ainda mais a agonia em que vive este país. Sai de lá este e vai para lá outro fazer o mesmo até que de novo se exija a sua queda para tudo recomeçar de novo.
É o sistema que tem de mudar e não só um simples governo. Temos de exigir que a nossa voz seja ouvida e respeitada, que quem governa o faça para os cidadãos e não para os mercados e para os patrões a quem servem sentado nas cadeiras do parlamento e do governo.
Este foi um ano difícil para muitas das Assembleias Populares pois o desespero nunca é bom conselheiro e muitas vezes se procura o caminho mais curto não vendo que assim só se ultrapassa um problema para deparar com outro ainda maior.
Felizmente o fim-de-semana foi produtivo e para muitos dos problemas apresentados encontraram respostas, umas vezes na partilha de experiências já vividas por outras Assembleias Populares noutras através do debate e da participação de todos.
A presença de alguns companheiros espanhóis, com uma experiência assembleária bem mais forte que a nossa foi essencial e todos saímos mais determinados a não ceder, a não desistir, a não deixar de acreditar. Por tudo isto foi um fim-de-semana produtivo e mais ainda se lhe juntarmos o convívio, as refeições comunitárias, os novos amigos que se fizeram, e as trocas de ideias que se foram fazendo.
À Assembleia Popular de Coimbra por todo o trabalho de organização e pela simpatia com que mais uma vez nos recebeu e a todos os que participaram pelo empenho que demonstraram o meu obrigado.

JAY ROCKEFELLER



"A internet nunca deveria ter existido ...
É uma ameaça à segurança nacional

Traduzido: "Isto estraga o monopólio a minha família que teve na América nos últimos 140 anos e as pessoas estão descobrindo  que somos uns canalhas"