Translator

sexta-feira, 7 de junho de 2013

As capas dos jornais e as principais notícias de Sábado, 8 de Junho de 2013.


Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Beja: Rapaz cai do 3.º andar
O. Frades: Ambulância fere dois
Sever do Vouga: Menino ferido
Acusação: Fraude de 3,6 milhões
Mário Lino: Decisão contestada
Silva Rodrigues: “Não me demiti”
Passos Coelho: Apela aos professores


Capa do Público Público

Homens de burqa roubam Selfridges, em Londres
Cientistas criam sistema para detectar gestos através de wi-fi
Grande Porto só tem uma praia fluvial, e fica em Gondomar
Acordo com os bancos é importante para inverter clima económico, diz Passos
Paulo Bento: "Conseguimos ganhar com boa qualidade de jogo"
Um golo bastou para Fernando Santos manter a esperança
Próximo Euromilhões com jackpot de 112 milhões


Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Cardoso, o independente de Menezes e... do PSD
FENPROF acredita que adesão obrigará Governo a ouvir reivindicações
Avaliações dos alunos de 500 turmas terão sido adiadas
O exemplo Zeinal Bava
O diabo, possessões demoníacas e exorcismos
Cardoso, o independente de Menezes e... do PSD
Gaspar: a culpa foi da chuva


Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Professores fazem greve por turnos para sair mais barato
Escritores organizam alternativa à Feira do Livro
"Jackpot" de 112 milhões no próximo Euromilhões
Cristianinho muito atento ao jogo do pai na Luz
Michael Douglas diz que só tentou "fazer serviço público"
Seleção nacional derrota Rússia com golo de Postiga
Ambulância despistou-se e capotou perto da A25


Capa do i i


Capa do Diário Económico Diário Económico

Passos espera não ser necessária "outra medida" para assegurar exames nacionais
Portugal vence Rússia
Wall Street sobe mais de 1% com sinais de retoma nos EUA
Não está prevista saída de nenhum funcionário público este ano
"A radicalização é grave e espero que os sindicatos repensem"
Número de novas reformas em Julho é o mais baixo do ano
Esperança no novo quadro comunitário concentrada nas ITI


Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Feriados municipais não têm que ir a Conselho de Ministros
Governo quer criar nova entidade para gerir excedentários nas autarquias
Wall Street fecha semana a ganhar mais de 1% após aumento do emprego
Optimize: "O que o FMI assumiu sobretudo foi os erros dos outros"
Álvaro Santos Pereira: Já há uma equipa portuguesa de futebol. Mas é preciso uma equipa Portugal para as exportações
Governo alarga excepções à regra que obriga a escolher dirigentes por concurso
Vítor Gaspar diz que não está prevista saída de nenhum funcionário público este ano


Capa do A Bola A Bola

Álvaro Magalhães lamenta exclusão
Caleb tem acordo por duas épocas
Onyewu: «Quero jogar a alto nível»
«Foram os dois melhores anos da minha carreira» - Capel
Rodrigo Mora não regressa à Luz
Renovação de Jackson "congelada" duas semanas
Treinador do River Plate “pediu” Aimar


Capa do Record Record

William espera definição
Anzhi quer campeão
Reyes quer o... tri
Oblak entra nas contas
Ordem para regressar
Rui Costa é alvo a abater na dura Volta à Suíça
Salin na calha


Capa do O Jogo O Jogo

Gareth Bale no Real Madrid por 90 milhões?
"Resultado justo seria o empate"
"Não sei se vou renovar com o Real"
Miguel Veloso e Danny dispensados
"Propostas? Ainda não decidi"
"O futuro? Depois da seleção vejo"
Resultados e classificações rumo ao Mundial

O que importa saber sobre a crise portuguesa e europeia




Deixo aqui dois artigos que permitem algum esclarecimento sobre o que realmente está por trás da chamada crise do Euro:

.

O primeiro refere o já conhecido plano alemão para emprestar dinheiro às PME em Portugal. Este é um plano manhoso, porque o banco em causa, o KfW, é um banco público de fomento alemão. 
.
A Alemanha tem um plano de emissão de dívida de 3.8 biliões de euros (é mesmo “biliões” e não “milhares de milhões”), só para o ano de 2013. Sendo um país rico, com excedentes financeiros, é de estranhar que peça tanto dinheiro emprestado. 
.
A explicação é simples: beneficiando da especulação sobre os juros da dívida soberana dos países intervencionados, levando a que os investidores se refugiem na dívida alemã, este país, que está a ajudar Portugal e é um bom amigo, vai ao mercado buscar dinheiro a custo zero, ou mesmo a custo negativo (ou seja, ainda recebe para ter dinheiro emprestado), e depois vai usá-lo como ferramenta de conquista da Europa. 
.
Em contrapartida dos eventuais empréstimos, os alemães podem vir a ficar com parte do capital social dessas empresas.  Está fácil de ver que, sendo as PME cerca de 90% da nossa economia, os alemães irão seleccionar empresas estratégicas para as controlar, e ao controlá-las controlam a nossa economia e, consequentemente, o nosso país e nós próprios (afinal, eles é que serão os patrões). 
.
Esta é que é verdadeiramente a estratégia da Alemanha, que já se está a preparar para o “pós troika”. Depois, nem precisam de ter cá a troika a mandar em nós, pois eles já o fazem directamente. Foi este plano que o Ministro das Finanças – qual Judas – foi, há dias, discutir com o seu grande amigo “rodinhas” (o nickname que atribui ao homólogo alemão). 
.
Repare-se que o artigo refere dois aspectos importantes: que o plano vai ser já alargado a Espanha e que o parlamento alemão aprovou facilmente este plano de empréstimo (até já está inscrito no orçamento alemão para 2014). É de estranhar que, o mesmo parlamento, que tanto tem contestado o reforço e o alívio dos planos de resgate, venha agora assinar de cruz este plano de empréstimo.
.
O segundo artigo refere que foi preso o primeiro-ministro esloveno (coisa impensável em Portugal). Imagina-se porquê! Por causa da compra de veículos
blindados para o exército, à Finlândia (mais um dos países do contra em relação aos planos de resgate). Nós tivemos por cá um caso idêntico: parece que houve para aí a compra de uns submarinos à Alemanha, mas, ao que conste, por cá ninguém sentiu o apertar das algemas nos pulsos, apesar de na própria Alemanha ter havido gente relacionada ao processo que foi presa. 

A Grécia tem o quinto maior arsenal bélico do mundo. Se olharmos para a lista dos famosos países beligerantes e para as razões que a Grécia tem para tal investimento, dá que pensar como é possível que a Grécia esteja acima de vários países conhecidos por essa vertente. 
 .
Só em aviões Mirage (de fabrico francês) parece que só é batida pela própria França. No pacote há também umas dezenas de submarinos vindos da terra de Merkel. Ainda sobre este artigo, importa ter presente que a Eslovénia era considerada um aluno exemplar na nova leva de países aderentes ao clube, após o grupo dos quinze.
 .
Chegou, até, a passar rapidamente Portugal em alguns parâmetros. Mais um caso de um bom aluno que chumba no exame final. Portugal e Irlanda sabem bem o que isto significa.
.
Tudo isto me leva a concluir o seguinte: o que se passa realmente na Europa é um plano de invasão dos países por parte de um novo Eixo, e não uma crise monetária. A Alemanha de Merkel está prestes a conseguir, pela via da economia, o que a Alemanha de Hitler não conseguiu alcançar pela via da guerra.
.
Um belo dia, vamos acordar orgulhosamente portugueses num país em que nada é nosso (a casa, o carro, a empresa onde trabalhamos, a estrada onde circulamos, o supermercado onde fazemos compras e até a água que bebemos – há já empresas alemãs a posicionarem-se para a privatização das AdP).
.
Desculpem lá esta maçada, apaguem o email, esqueçam o que leram e voltem para o sofá para ver o Big Brother.

Apresentação Dr. Ricardo Salgado - Conferência JN


Meus Caros Amigos
Estaremos perante a 2ª versão do "milagre das rosas"?
Pessoalmente continuo a duvidar numa recuperaçãoa curto prazo, quando a Europa dademagogia está também em recessão técnica e nós demo-nos ao luxo de destruir mais de 60.000 boas empresas, capazes de criar riqueza para pagar o que se deve, nos últimos 5 anos!
Oxalá eu me engane!
Bom fim de semana, com um abraço amigo
  Vizela Cardoso


Jornal de Noticias RESS 3 junho 2013 FINAL2.pdf
Clique em baixo
2561K   Visualizar   Transferência  

KAOS:Vamos todos dar-lhes uma lição



mario nogueira de volta a luta
Ao fim de todos estes anos de ressaca é bom ver os professores de novo a lutarem pelos seus direitos e em defesa da escola pública. Não sou professor, mas como pai de alunos que vão ser afectados pela greve quero aqui deixar o meu apoio e a minha solidariedade nessa luta, que como deviam ser todas, é de todos nós.
greve profs
O meu único conselho que lhes posso dar é que se unam e não vacilem, nem contra este governo e este sistema, nem na vigilância junto dos sindicatos para que não se repita o que aconteceu no tempo da Bruxa Maria de Lurdes Rodrigues. Não deixem que os sindicatos assinem memorandos de entendimento com o poder sem antes haver uma consulta aos professores e estejam atentos às condições propostas. Não voltem a morder maças envenenadas que vos sejam oferecidas e coloquem a vossa luta ao serviço de todos e de uma luta global. Lembrem-se de tudo o que perderam com a vitória que conseguiram nas ruas e nas escolas. Todos juntos podemos vencer.

OS BILDERBERGS PORTUGUESES 2013



Bilderberg Group 2013: guest list and agenda

The Bilderberg, the secretive annual gathering of businessmen, politicians and defence officials, today meets at The Grove hotel in Watford. This is the guest list and agenda in full.

Bilderberg 2013: guest list and agenda
George Osborne and Christine Lagarde Photo: AP
The meeting will take place from 6 to 9 June at the Grove Hotel, Hertfordshire, with 140 delegates from 21 countries. The topics for discussion are:
• Can the US and Europe grow faster and create jobs?
• Jobs, entitlement and debt
• How big data is changing almost everything
• Nationalism and populism
• US foreign policy
• Africa’s challenges
• Cyber warfare and the proliferation of asymmetric threats
• Major trends in medical research
• Online education: promise and impacts
• Politics of the European Union
• Developments in the Middle East
• Current affairs
Chairman: Henri de Castries, Chairman and CEO, AXA Group
Paul M. Achleitner, Chairman of the Supervisory Board, Deutsche Bank AG
Josef Ackermann, Chairman of the Board, Zurich Insurance Group Ltd
Marcus Agius, Former Chairman, Barclays plc
Helen Alexander, Chairman, UBM plc
Roger C. Altman, Executive Chairman, Evercore Partners
Matti Apunen, Director, Finnish Business and Policy Forum EVA
Susan Athey, Professor of Economics, Stanford Graduate School of Business
Aslı Aydıntaşbaş, Columnist, Milliyet Newspaper
Ali Babacan, Turkish Deputy Prime Minister for Economic and Financial Affairs
Ed Balls, Shadow Chancellor of the Exchequer
Francisco Pinto Balsemão, Chairman and CEO, IMPRESA
Nicolas Barré, Managing Editor, Les Echos
José Manuel Barroso, President, European Commission
Nicolas Baverez, Partner, Gibson, Dunn & Crutcher LLP
Olivier de Bavinchove, Commander, Eurocorps
John Bell, Regius Professor of Medicine, University of Oxford
Franco Bernabè, Chairman and CEO, Telecom Italia S.p.A.
Jeff Bezos, Founder and CEO, Amazon.com
Carl Bildt, Swedish Minister for Foreign Affairs
Anders Borg, Swedish Minister for Finance
Jean François van Boxmeer, CEO, Heineken
Svein Richard Brandtzæg, President and CEO, Norsk Hydro ASA
Oscar Bronner, Publisher, Der Standard Medienwelt
Peter Carrington, Former Honorary Chairman, Bilderberg Meetings
Juan Luis Cebrián, Executive Chairman, Grupo PRISA
Edmund Clark, President and CEO, TD Bank Group
Kenneth Clarke, Cabinet Minister
Bjarne Corydon, Danish Minister of Finance
Sherard Cowper-Coles, Business Development Director, International, BAE Systems plc
Enrico Cucchiani, CEO, Intesa Sanpaolo SpA
Etienne Davignon, Belgian Minister of State; Former Chairman, Bilderberg Meetings
Ian Davis, Senior Partner Emeritus, McKinsey & Company
Robbert H. Dijkgraaf, Director and Leon Levy Professor, Institute for Advanced Study
Haluk Dinçer, President, Retail and Insurance Group, Sabancı Holding A.S.
Robert Dudley, Group Chief Executive, BP plc
Nicholas N. Eberstadt, Henry Wendt Chair in Political Economy, American Enterprise Institute
Espen Barth Eide, Norwegian Minister of Foreign Affairs
Börje Ekholm, President and CEO, Investor AB
Thomas Enders, CEO, EADS
J. Michael Evans, Vice Chairman, Goldman Sachs & Co.
Ulrik Federspiel, Executive Vice President, Haldor Topsøe A/S
Martin S.Feldstein, Professor of Economics, Harvard University; President Emeritus, NBER
François Fillon, Former French Prime Minister
Mark C. Fishman, President, Novartis Institutes for BioMedical Research
Douglas J. Flint, Group Chairman, HSBC Holdings plc
Paul Gallagher, Senior Counsel
Timothy F Geithner, Former Secretary of the Treasury
Michael Gfoeller, US Political Consultant
Donald E. Graham, Chairman and CEO, The Washington Post Company
Ulrich Grillo, CEO, Grillo-Werke AG
Lilli Gruber, Journalist - Anchorwoman, La 7 TV
Luis de Guindos, Spanish Minister of Economy and Competitiveness
Stuart Gulliver, Group Chief Executive, HSBC Holdings plc
Felix Gutzwiller, Member of the Swiss Council of States
Victor Halberstadt, Professor of Economics, Leiden University; Former Honorary Secretary General of Bilderberg Meetings
Olli Heinonen, Senior Fellow, Belfer Center for Science and International Affairs, Harvard Kennedy School of Government
Simon Henry, CFO, Royal Dutch Shell plc
Paul Hermelin, Chairman and CEO, Capgemini Group
Pablo Isla, Chairman and CEO, Inditex Group
Kenneth M. Jacobs, Chairman and CEO, Lazard
James A. Johnson, Chairman, Johnson Capital Partners
Thomas J. Jordan, Chairman of the Governing Board, Swiss National Bank
Vernon E. Jordan, Jr., Managing Director, Lazard Freres & Co. LLC
Robert D. Kaplan, Chief Geopolitical Analyst, Stratfor
Alex Karp, Founder and CEO, Palantir Technologies
John Kerr, Independent Member, House of Lords
Henry A. Kissinger, Chairman, Kissinger Associates, Inc.
Klaus Kleinfeld, Chairman and CEO, Alcoa
Klaas H.W. Knot, President, De Nederlandsche Bank
Mustafa V Koç,. Chairman, Koç Holding A.S.
Roland Koch, CEO, Bilfinger SE
Henry R. Kravis, Co-Chairman and Co-CEO, Kohlberg Kravis Roberts & Co.
Marie-Josée Kravis, Senior Fellow and Vice Chair, Hudson Institute
André Kudelski, Chairman and CEO, Kudelski Group
Ulysses Kyriacopoulos, Chairman, S&B Industrial Minerals S.A.
Christine Lagarde, Managing Director, International Monetary Fund
J. Kurt Lauk, Chairman of the Economic Council to the CDU, Berlin
Lawrence Lessig, Roy L. Furman Professor of Law and Leadership, Harvard Law School
Thomas Leysen, Chairman of the Board of Directors, KBC Group
Christian Lindner, Party Leader, Free Democratic Party (FDP NRW)
Stefan Löfven, Party Leader, Social Democratic Party (SAP)
Peter Löscher, President and CEO, Siemens AG
Peter Mandelson, Chairman, Global Counsel; Chairman, Lazard International
Jessica T. Mathews, President, Carnegie Endowment for International Peace
Frank McKenna, Chair, Brookfield Asset Management
John Micklethwait, Editor-in-Chief, The Economist
Thierry de Montbrial, President, French Institute for International Relations
Mario Monti, Former Italian Prime Minister
Craig J. Mundie, Senior Advisor to the CEO, Microsoft Corporation
Alberto Nagel, CEO, Mediobanca
H.R.H. Princess Beatrix of The Netherlands
Andrew Y.Ng, Co-Founder, Coursera
Jorma Ollila, Chairman, Royal Dutch Shell, plc
David Omand, Visiting Professor, King's College London
George Osborne, Chancellor of the Exchequer
Emanuele Ottolenghi, Senior Fellow, Foundation for Defense of Democracies
Soli Özel, Senior Lecturer, Kadir Has University; Columnist, Habertürk Newspaper
Alexis Papahelas, Executive Editor, Kathimerini Newspaper
Şafak Pavey, Turkish MP
Valérie Pécresse, French MP
Richard N. Perle, Resident Fellow, American Enterprise Institute
David H. Petraeus, General, U.S. Army (Retired)
Paulo Portas, Portugal Minister of State and Foreign Affairs
J. Robert S Prichard, Chair, Torys LLP
Viviane Reding, Vice President and Commissioner for Justice, Fundamental Rights and Citizenship, European Commission
Heather M. Reisman, CEO, Indigo Books & Music Inc.
Hélène Rey, Professor of Economics, London Business School
Simon Robertson, Partner, Robertson Robey Associates LLP; Deputy Chairman, HSBC Holdings
Gianfelice Rocca, Chairman,Techint Group
Jacek Rostowski, Minister of Finance and Deputy Prime Minister
Robert E. Rubin, Co-Chairman, Council on Foreign Relations; Former Secretary of the Treasury
Mark Rutte, Dutch Prime Minister
Andreas Schieder, Austrian State Secretary of Finance
Eric E. Schmidt, Executive Chairman, Google Inc.
Rudolf Scholten, Member of the Board of Executive Directors, Oesterreichische Kontrollbank AG
António José Seguro, Secretary General, Portuguese Socialist Party
Jean-Dominique Senard, CEO, Michelin Group
Kristin Skogen Lund, Director General, Confederation of Norwegian Enterprise
Anne-Marie Slaughter, Bert G. Kerstetter '66 University Professor of Politics and International Affairs, Princeton University
Peter D. Sutherland, Chairman, Goldman Sachs International
Martin Taylor, Former Chairman, Syngenta AG
Tidjane Thiam, Group CEO, Prudential plc
Peter A. Thiel, President, Thiel Capital
Baroness Williams (Clara Molden)
Craig B. Thompson, President and CEO, Memorial Sloan-Kettering Cancer Center
Jakob Haldor Topsøe, Partner, AMBROX Capital A/S
Jutta Urpilainen, Finnish Minister of Finance
Daniel L. Vasella, Honorary Chairman, Novartis AG
Peter R. Voser, CEO, Royal Dutch Shell plc
Brad Wall, Premier of Saskatchewan Province, Canada
Jacob Wallenberg, Chairman, Investor AB
Kevin Warsh, Distinguished Visiting Fellow, The Hoover Institution, Stanford University
Galen G.Weston, Executive Chairman, Loblaw Companies Limited
Baroness Williams of Crosby, Member, House of Lords
Martin H. Wolf, Chief Economics Commentator, The Financial Times
James D. Wolfensohn, Chairman and CEO, Wolfensohn and Company
David Wright, Vice Chairman, Barclays plc
Robert B. Zoellick, Distinguished Visiting Fellow, Peterson Institute for International Economics

PAULO PORTAS "FOI" O DEFENSOR DOS PORTUGUESES?



VIDEO ALGO VIOLENTO, CUIDADO!
Eis como Paulo Portas subiu ao poder. Optou por incomodar os do poder, até eles perceberem que tinham que o colocar do lado deles, pois na oposição, era muito chato. Depois de integrado no gang, parece um santo, vendeu-se. 

ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/#ixzz2VYg3bCfw

DIVULGAMOS

A Escrita como Instrumento de Libertação do Homem

CONVITE:
Convido-vos a ler o post:

BONECOS DE ESTREMOZ – PATRIMÓNIO IMATERIAL DA HUMANIDADE  

Cumprimentos do:
Hernâni Matos

MEMÓRIAS - 10 ANOS DE JORNALISMO (1989-1999)

Jornalismo, creio puro, sem sair das regras deontológicas que rege a informação. Tudo que relatei para a Tribuna de Macau, Agência Lusa (Macau) e Noticias Gouveia usei a veracidade dos factos. 
.
Nos 10 anos activo como correspondente, em Banguecoque, procurei enaltecer o nome de Portugal nesta área do globo e dou conta de todos os eventos culturais, diplomáticos, comérciais e outros. 
.
Estou por certo que um dia e quando eu já não existir sirva, esta documentação,de informação a investigadores e historiadores. 
.
Muitos factos aconteceram de relevo onde se conta a passagem da administração portuguesa de Macau para a China e o processo da independência de Timor em que encadernei 4 volumes.
José Martins

KAOS:A nova Aljubarrota



freitas do amaral aljubarrota 2013
Freitas do Amaral disse que a actual situação no país só em comparável com a crise de 1383-85, que Aljubarrota resolveu, e com o domínio dos Filipes de Espanha, já que “está em causa a independência nacional”.
Então que se convoque a Padeira, selem-se os cavalos e vamos a isso contra as Merkles da Europa.

"OS EMIGRANTES"



Esta  fotografia  é do tempo do avô Mário em Paris mas está sempre actual, infelizmente desde os descobrimentos.....
É também um produto da grande fábrica da imprensa que temos   (de botões).
Para que estes sejam os próximos a emigrar para bem longe.
Vamos fazer uma corrente. Ninguém quebre.