Translator

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 27 de Agosto de 2013.




Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

'Mundo Louco': O cão mais triste do mundo
Colisão com poste de luz
Fogo lança pânico na A25
Idoso encontrado morto
GNR evita roubo
Armas apreendidas
Militar salva estrangeira

Capa do Público Público

Teste da Deco a 25 marcas de azeite revela cinco fora da lei, uma por fraude
Comandante nacional elogia dispositivo abalado com morte de bombeiros
Carvalho da Silva estranha relevo dado novamente à sua saída do PCP
Prazo para ministérios apresentarem propostas de orçamento adiado 48 horas
Google lança serviço de Street View... dos oceanos
Benzema garante vitória tangencial ao Real Madrid em Granada
Golo nos descontos salva um displicente Sp. Braga frente ao Belenenses

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Fogo em Oliveira de Frades e Sever de Vouga com 2 frentes
Não me esqueço de António Borges
Comandante elogia bombeiros abalados com mortes
Fogo no Sameiro "dominado" ao final da tarde
MAI reforça meios financeiros para pagar urgentemente combustível a bombeiros
Universidades impedidas pelo OE2014 de aumentar receitas
865 bombeiros combatem sete fogos em todo o país

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Rafael Nadal qualifica-se sem problemas para a segunda ronda do US Open
Prazo para ministérios apresentarem propostas de orçamento adiado 48 horas
Carvalho da Silva estranha relevo dado novamente à saída do PCP
Mourinho praticamente descarta transferência de Rooney para o Chelsea
TREWGrip, um teclado com as teclas ao contrário
Só se conseguem abrir sepulturas com martelos pneumáticos
Mais cortes ameaçam funcionários públicos

Capa do i i

CIA ajudou Saddam Hussein a gazear tropas iranianas
Fenprof promete lutar contra cortes nas instituições e quer reunir com governo
Grávidas e mulheres a amamentar aconselhadas a tomar iodo
Vila Real registou 356 incêndios em 12 dias
Presidente da FPF defende centralização dos direitos televisivos no futebol
Secretário de Estado da Cultura no Brasil para criação de centros culturais
Juros da dívida portuguesa descem a dois e cinco anos e sobem a 10

Capa do Diário Económico Diário Económico

Perdas cambiais e crise no Egipto penalizam contas da Cimpor
Quando a vontade de Passos Coelho não chega
Os guardiães da segurança no mundo
A capitalização das empresas e a banca
Empresas têm mais de 220 milhões disponíveis para se financiarem
Fusão entre Zon e Optimus avança já com planos para novos mercados
EDP Renováveis entra na corrida a parques eólicos na África do Sul

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Moody's: "Outlooks" das dívidas soberanas da periferia do euro continuam negativos
Brincar com o fogo
Dor e infecção
Maastricht e as exportações
Doutoramentos em Portugal : uma panorâmica desde 1970 até à actualidade
Défice e dívida: mentiras e omissões
Reforma do IRC: "much ado without nothing?"

Capa do Oje Oje

AdC autoriza fusão entre Zon e Optimus
Cimpor fecha 1º semestre com prejuízos de 75 milhões
Facim recebe número recorde de empresas portuguesas
Mota-Engil com carteira de 400 milhões na América Latina
Lisboa fecha a cair com Europa mista
Maioria dos Ministérios ainda não entregou propostas para OE/2014
Amey vai gerir infraestruturas hidráulicas no País de Gales

Capa do Destak Destak

Maior mostra da Cultura Brasileira na China arranca na terça-feira
Coreia do Norte tentou exportar máscaras de gás para Síria - jornal japonês
Tribunal de Singapura condena homem a prisão e chicotadas por grafiti
Fogo de Oliveira de Frades reacendeu
Brasil atravessa minicrise cambial, diz ministro da Fazenda
Morreu bombeiro do Estoril ferido no Caramulo
00 em Portugal

Capa do A Bola A Bola

Mangala reavaliado esta manhã
Mitrovic de saída para Inglaterra
«Bruma é bem-vindo para ajudar» - Maurício
Villas Boas confirma interesse em Chiriches
Vitinho a um passo da Rússia
Analicia é uma delícia... e a ex de Witsel
Robert Pires continua a espalhar classe (com vídeo)

Capa do Record Record

Eusébio e Figo embaixadores da final da Champions
Génova aponta a Iturbe
Valentino Rossi quer Márquez na F1
João Pedro no Restelo
Rui Silva treina-se ainda sem metas
Fernando Pimenta poderá voltar atrás
Kay: «Com o peso da camisola»

Capa do O Jogo O Jogo

Fejsa queria saltar para o relvado
Higuaín passeia de barco e acaba no hospital
As imagens da carreira portuguesa de Deco
Villas-Boas responde com ironia a Mourinho
Deco quer despedir-se com o FC Porto
"Nunca o esqueceremos o Deco"
Oblak pede desculpa aos adeptos do Benfica

O "CARAMELO" INÚTIL (EM BAIXO NA IMAGEM) COM ASPIRAÇÕES A MINISTRO


Lei Orgânica do Governo atribui tutela da AICEP à presidência do Conselho de Ministros

Decreto-lei deixa em aberto a forma como MNE e Ministério da Economia se articulam na área da internacionalização das empresas.

Pedro Reis, presidente da AICEP  
Manuel Roberto

ESTE A LEVANTAR CABELO...



O ESBANJADOR


AUTARCAS LATIFUNDIÁRIOS


A Frase

A Assembleia da República teve a oportunidade de clarificar o âmbito da lei e, unanimemente, decidiu não o fazer. O resultado é que, a cerca de um mês das eleições autárquicas, há uma balbúrdia generalizada nas eleições das grandes cidades, um deixa andar generalizado nas eleições das freguesias, decisões contraditórias dos tribunais e uma batata quente a caminho do Tribunal Constitucional. A situação já não pode ser bem resolvida, dê por onde der.
Rui Tavares, Público
.
P.S. A grafia é da responsabilidade deste blogue

LÍBIA UM VIVEIRO DE TERRORISTAS TARADOS!!!...




Limparam o sebo ao Gaddafi para agora a Líbia se transformar num viveiro de terroristas e tarados...

Clique em baixo para o interessante video
http://www.youtube.com/watch?v=aVGKC2GdxRs

Caros Amigos e alguns também Camaradas de Armas

O texto,de tão explícito e concreto que é,dispensa qualquer comentário complementar.
.

Trata-se de uma matéria que muito me interessa e que já foi por mim,embora como simples e muito curto comentário,referida publicamente.

Apenas desejo acrescentar que o autor do texto é uma personalidade, de prestígio nacional,no mínimo, e que domina a matéria em causa....

Leiam com atenção e divulguem,porque assim se servem os verdadeiros interesses do país;e é por esses que me bato.Agrade ou desagrade,a quem quer que seja!

Abraço,

Campos de Barros.

Em Diário da República de 11JULHO2012 é publicada a criação pelo Governo da Comissão de Revisão do Conceito Estratégico de Defesa constituída por nada menos de uma dúzia de ex ministros e secretários de estado dos três partidos do arco do poder, vários professores universitários, constitucionalistas , embaixadores, um almirante e dois generais.

A Comissão, cujos trabalhos foram coordenados pelo Professor Luís Fontoura , fez entrega do trabalho nos prazos fixados , em cerimónia presidida pelo Primeiro Ministro, como aliás tinha acontecido na cerimónia de tomada de posse.

Pouco depois é publicado no Expresso   um artigo intitulado " Miguel Macedo trava bomba nas mãos de Aguiar Branco" onde se afirma que o documento é considerado um  "ATAQUE BRUTAL À CLASSE POLÍTICA" !!! ( na realidade só por indigência mental se pode considerar o documento como tal, mas percebe-se que muito boa gente tenha enfiado a carapuça, quando entre muitos  outros constrangimentos e vulnerabilidades do País são apontados erros estratégicos, incapacidade e facilitismo político das últimas décadas, esbanjamento de fundos comunitários, agravamento sistemático da carga tributária e da burocracia, e se preconiza a inevitabilidade de uma renegociação com a troika).

Entretanto aparecem outras notícias, também nitidamente encomendadas pelos gabinetes, referindo que o teor do documento até tinha incomodado o próprio PR, e que o Governo meteria o trabalho da Comissão na gaveta.

E assim foi! A incumbência de elaboração do Conceito Estratégico "politicamente correcto" foi então cometida a uns tantos assessores do Ministério da Defesa ( porventura mais qualificados que os membros da Comissão...) e o documento resultante presente à AR e posteriormente aprovado em Conselho Superior de Defesa.

Terá  sido como resposta a estas demonstrações de insanidade política e hipocrisia que o Professor Luís Fontoura tomou a feliz iniciativa de publicar em livro o trabalho da Comissão com prefácio do General Ramalho Eanes e   Posfácio do Professor Sampaio da Nóvoa.

Como muito oportunamente refere o Professor Fontoura na sua bem esclarecedora Nota Prévia " Mesmo ferindo interesses sectoriais instalados, de diversa natureza, não nos furtaremos a dizer que semelhantes interesses, simplesmente paroquiais, são menores quando os comparamos ao interesse  nacional. Este deve prevalecer, sempre".

E como que culminando este exercício de insanidade política e hipocrisia,  a cerimónia de lançamento do livro contou com a inesperada presença do Primeiro Ministro, que aproveitou a ocasião para tecer os mais rasgados elogios e agradecimento à Comissão que elaborou o tal documento que fora parar à gaveta do Governo, substituído por um outro, estilo "pronto a vestir", cozinhado à pressa por uns assessores.
.

Vá-se lá perceber o que passa na cabeça desta gente!!!

KAOS:Uma Presidência queimada


cavaco silva nero borges
 Em protesto pelo silêncio de Cavaco Silva em relação à morte recente de três bombeiros em serviço, são já muitos milhares as mensagens de condolências dirigidas aos familiares das vítimas, colocadas na página oficial da Presidência da República no Facebook. As mensagens estão associadas ao post onde o Presidente da República expressa as suas condolências à família do economista António Borges, ontem falecido.
.... mais tarde a Presidência da Republica veio informar que "O Presidente da República transmitiu as suas condolências às diferentes corporações a que pertenciam os bombeiros falecidos, sublinhando tratarem-se de mensagens pessoais, que não queria tornar públicas".
 
Mas afinal porque raio é que a mensagem de condolências à família do António Borges é publica e publicada na Página da Presidência e a dos Bombeiros mortos em serviço não o é. Porque umas são pessoais e as outras não? 
Porque um era amigalhaço e os outros não passavam de gente que ele considera menos importante? 
A diferença  está em que um só andava a engordar com grandes tachos, a lixar os portugueses e a trabalhar para os mesmos donos a que ele serve e os outros andavam a arriscar a vida para apagar os fogos no país que é de todos nós e que alguns criminosamente teimam em incendiar e em deixar arder todos os anos. 
A diferença é que um se estava nas tintas para o país e para os portugueses e só pensava em dinheiro e mercados enquanto os outros são verdadeiros heróis pelo que arriscam e pelas condições em que exercem a sua actividade. 
A diferença está em que uns merecem tudo enquanto o outro nada. 
Os valores deste Presidente é que estão trocados, mas isso não é novidade porque os seus amigos sempre foram quem foram, basta lembrar o Dias Loureiro, Oliveira e Costa e outros da mesma laia, e as consequências funestas que isso trouxe a todos nós.
Porra que nunca mais temos ai um luto nacional que nos assinale que estamos livres desta gente.

KAOS:Terminator…Estado Social

passos coelho terminator
Passos Coelho centrou parte do seu discurso na leitura dos dados da execução orçamental, divulgados na sexta-feira, para dizer que a despesa pública está a baixar. “Os dados vieram confirmar que continuamos a reduzir a despesa efectiva do Estado abaixo do fixado”, afirmou, garantindo: “O Estado tem de gastar menos e está a gastar menos”.
Claro que a despesa pública está a baixar. Se cortam na saúde, nas reformas, nos salários, nas prestações sociais, despedem funcionários, cortam no investimento a despesa tem de estar a baixar. 
O problema é que cortam no essencial para os cidadãos e não nos privilégios dos políticos, mas despesas desnecessárias, nas parcerias público privadas e nas negociatas e compadrios com os amigos. 
O problema é que mesmo gastando menos no que é essencial, também há menos gente a trabalhar, mais gente a necessitar de receber subsídios de desemprego, menos dividendos das empresas privatizadas que rendiam dinheiro ao Estado e a dívida pública não pára de subir estando já acima dos 131% do PIB. 
Quem os oiça até parece que vamos no caminho certo e já se vêm resultados, mas quem olhe sabe que tudo não passa de enganos para tentar salvar os resultados das autárquicas e mais cedo ou mais tarde a realidade imporá um novo resgate e mais austeridade, sacrifícios, fome e miséria. 
Mas, enquanto houver pedra sobre pedra no Estado Social não vão parar, nem de o destruir nem de apregoar as virtudes e necessidade disso.

REQUIÉM PARA O BORGES