Translator

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

DIVULGAMOS


No comments :

As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 12 de Novembro de 2013.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Fingia ser polícia
Djokovic 'vinga-se' de Nadal e rouba título no Masters
Ambiente familiar ajuda no sucesso do ranking das escolas
Três mil novos desempregados no Algarve
Teatro: Mísia torna-se uma sem-abrigo
Debates eleitorais em televisão discutidos na Assembleia
Billy Bob Thornton: "Fiquei orgulhoso da Angelina Jolie"

Capa do Público Público

Estudo diz que violência nos filmes duplicou desde 1950
Médico português que foi sequestrado na Galiza ouvido na Guardia Civil
Novak Djokovic encerra a época com a aura de imbatível
A história do funeral em que ninguém conhecia o morto
Sorteio da Lotaria Clássica
Relação de Coimbra manda repetir primeiro julgamento de homicídio em processo sumário
Mais de metade da população portuguesa recebe uma prestação social, diz Mota Soares

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Detido suspeito pela morte de Alexandre Reis
Álvaro Cunhal a subir uma escadaria infinita
Os números sorteados na Lotária Clássica
1.º homicídio julgado em sumário vai ter de ser repetido
Encontrado corpo de jovem russo desaparecido no Douro
Suspensas buscas no rio Tejo para encontrar mulher
Magistrados do MP marcam greve para 25 de novembro

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Ficheiros clínicos de Marilyn Monroe vendidos por quase 20 mil euros
Escola Profissional de Aveiro tem taxa de 80% de garantia de emprego
Marmitas anticrise obrigam escolas a instalar micro-ondas
Joana Ribeiro chocada com orgias
"Sobreviventes ainda se vão matar uns aos outros"
Encontrado corpo de jovem russo desaparecido na Foz do douro
Governo recebeu 109 propostas para futuro da RTP

Capa do i i

Reino Unido. John Major diz que domínio da elite educada em escolas privadas é “verdadeiramente chocante”
BEI concede à Grécia 550 milhões de euros para empresas e infraestruturas
Star Wars. Saiba como pode vir a ser um dos actores do novo filme
Finanças registam mais de 41 mil casos de carência económica de inquilinos
Faltam 7,2 milhões de profissionais de saúde e em 2035 faltarão quase o dobro
Moçambique. Situação política e onda de raptos sem impacto nos hotéis
Terceira ponte sobre o Tejo em Lisboa "impossível de concretizar" actualmente

Capa do Diário Económico Diário Económico

Machete disse a coisa certa no momento e sítio errados
Mulheres sim, desde que não mandem
A lei que faltava no arrendamento
Salgado e Ricciardi aceitam tréguas
Perdão fiscal já rendeu 183 milhões ao Estado
Repsol compra à Petrobras exploração de petróleo em Peniche
Governo surpreendido tenta desvalorizar novo deslize do MNE

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Cantiga Esteves lidera comité de "sábios" para privatizar CTT
Obviamente, demitam-no!
É do braço? É da perna? É da mão? Não, é da parvoíce mesmo!
Trabalhar de forma diferente
Mito ou dilema de causalidade?
Vai acabar bem?
O Estado também é mercado

Capa do Oje Oje

Seat inaugura a maior fábrica a energia solar
Campofrio revela queda de 61% até setembro
Carlsberg com sede pela Ásia
Axa adquire 51% da colombiana Colpatria
Strongstep debate impacto da tecnologia na forma de trabalhar
Agricultura e economia do mar mobilizam empreendedores durante uma semana
A gaiola dourada das empresas

Capa do Destak Destak

Hollande na Austrália em 2014 na primeira visita de um Presidente francês ao país
Jovens estão na linha da frente para continuar Timor-Leste - PR
CNRT vai reunir-se depois de Xanana Gusmão anunciar que deixa cargo de PM até 2015
Seis mortos e seis feridos em explosão em fábrica no noroeste da China
Número recorde de empresas portuguesas numa feira internacional em Xangai
ONU vai lançar novo apelo de ajuda urgente às Filipinas devido a tufão
Estados-membros da UE e Parlamento Europeu selam acordo sobre Orçamento de 2014

Capa do A Bola A Bola

Santana Lopes defende legalização dos jogos ´online´
Câmara apoiará qualquer presidente
Fernando Pires inicia campeonato com empate
Montpellier viu e reviu Luís Leal
Fernando agradecido pelo golo
«Estava ansioso mas espera não foi em vão» - Slimani
Man. United continua atento às águias

Capa do Record Record

Jackson: «Equipa está bem e pode chegar longe na Champions»
À espera que Ronaldo continue inspirado
Influência da Academia invade o meio-campo
Joeano: «Ainda custa acreditar»
Fredy não causa alarme
Romário preso a registo nulo
Onda de lesões preocupa Calisto

Capa do O Jogo O Jogo

Adversário do Estoril empatou
"Os grandes sucessos vêm dos que estão por detrás de nós"
Triplo do outro mundo de Reyes
Al-Ahly afasta jogador por gesto islamita
Ken Block está de volta
Wanderley Luxemburgo despedido do Flamengo
Ibrahimovic: oito vezes o melhor da Suécia

FRASE




O PAÍS DOS "BARDAMERDAS" DEMOCRÁTICOS QUE NOS GOVERNAM


Uma velhinha de 99 anos pede para ajudar a família...!!!


A máfia do José Eduardo dos Santos roubava e Portugal lavava...


Era isto que os angolanos queriam. Portugal, um país no cantinho da Europa, passava a ser a lavandaria do dinheiro das elites angolanas corruptas.

"E ASSIM OS "BARDAMERDAS" QUE TOMARAM CONTA DE PORTUGAL LHE MUDARAM O NOME...."


 Ponte sobre o rio Tejo 1966... Um belo documentário.  

Filme documentário, realizado por Leitão de Barros, sobre a construção da ponte sobre o Tejo em Lisboa e sua inauguração a 6 de Agosto de 1966.
.
Para a ponte suspensa, toda a monumental fabricação metálica de 22.000 toneladas das peças de aço, destinado à viga de rigidez e tabuleiro, foi executada em Portugal nas oficinas da SOREFAME. Bem assim como a grelha metálica rodoviária. Para além de outras estruturas referidas pelo narrador fabricadas nos estaleiros norte.
.
Tempos em que a mão-de-obra caseira tinha uma incorporação muito significativa nas grandes obras nacionais.
.
Reparem que muitos dos trabalhos se realizavam a cerca de 70 metros acima do nível médio das águas do rio Tejo e, pelo que se vê, nenhum trabalhador utilizava qualquer sistema de segurança.
.
É bem evidente o à vontade como alguns trabalhadores se deslocavam naquelas vigas como se num corredor de um escritório se movimentassem, para não falar em registos de arrepiar quando estão a martelar em posições, aparentemente, de equilíbrio instável.
.
Este filme é um registo muito singular de uma obra que marcou o país naqueles anos.
.
Chamo a vossa atenção para a margem sul em que se veem apenas campos, longe de se adivinhar que um conglomerado habitacional iria emergir como cogumelos.



Clique em baixo para a grande metragem

FRASE


O “i” destaca a morte de Jorge de Melo como o ´adeus ao último grande industrial´ e recorda uma das histórias mais conhecidas do empresário. Na altura em que vendeu a propriedade – onde família e amigos costumavam a caçar – a Américo Amorim. Na assinatura do contrato para a venda da grande herdade do Peral, no Alentejo, Américo Amorim terá dito: “sou o homem mais rico de Portugal”, ao que Jorge de Melo respondeu: ´Cuidado, que eu também já fui´.

"FILHOS DE PUTAS"

Tiro da cena o PS (porque o incluo de filho de má mãe), mas fico pela Troika a que manda em nós... Filhos de putas não posso dar outro nome à escumalha que deixou chegar o meu país à perda de soberania e governados por gente estrangeira. Filhos de Putas aqueles que têm governado Portugal desde o dia 25 de Abril de 1974. FILHOS DE PUTAS!
.

Mota Soares responsabiliza PS e troika por não subir o salário mínimo nacional

" O VELHOTE QUE SEGUE PELA ESTRANJA A MONTAR BARRACA"

  .

Rui Machete - As emendas

Diz-me a notícia que o desastroso Rui Machete emenda as declarações sobre o novo “resgate” a Portugal.
Num espaço de tempo curtíssimo, Machete já emendou as suas declarações sobre a sua relação com o BPN, depois de recorrer à esperteza saloia a que Cavaco também recorreu, de tentar convencer os “papalvos” de que ser accionista da SLN, dona do BPN... não era a mesma coisa que ter relações com o BPN. Já emendou as suas declarações sobre o indigente pedido de desculpas aos presumidos corruptos angolanos que estavam a ser investigados, pelo facto... de estarem a ser investigados. Agora, emenda as suas declarações sobre o novo “resgate”.
Num espaço de tempo curtíssimo, são três valentes tiros nos pés! Numa contagem rápida de tiros e pés... já só lhe resta mais um pé em condições!!!
Em vez de continuar, ao pé coxinho, a fazer figuras ridículas, não estará na altura de o senhor Machete considerar (ou alguém por ele) que já são emendas a mais? Que é já pior a emenda que o soneto? Ou pior a ementa que o cianeto... ou pior amêndoa que ... ... …


Reflexão sobre a importante entrevista do professor Paul de Grauwe




BRASILINO GODINHO



Google: Brasilino Godinho

Facebook: Brasilino Godinho


Prezadas senhoras,

Caros senhores,

Anexo uma minha crónica de reflexão sobre a importante e elucidativa entrevista do economista belga, professor Paul de Grauwe, dada à Agência Lusa e publicada ontem em vários sítios da Internet.

Previno que bastantes leitores jovens se irão surpreender com alguma informação sobre factos políticos referidos na peça porque, naturalmente, os desconhecem em absoluto.

Formulo o voto de que os meus caros leitores meditem sobre as matérias contempladas na excelente entrevista do Professor Paul de Grauwe.

Com saudações cordiais.
No comments :

AS ESCUTAS DO SENHOR OBAMA


Mas este, vá lá, é do Entroncamento...


"Portugal não é um país, é um sítio mal frequentado." Eça de Queiroz (1845-1900)

No comments :

Governo empurra portugueses para a “moderna escravatura” na Europa


( O texto a seguir e a imagem não é deste blogue, apenas nos limitamos a transcrever)

A CGTP aqui tem toda a razão nesta denúncia que faz e ou as elites abrem os olhos a tempo e colocam rapidamente um fim a esta exploração, ou um dia isto acaba em guerra civil sangrenta. O tempo já começa a escassear...

Governo empurra portugueses para a “moderna escravatura” na Europa

Caso atrás de caso: o governo português força os portugueses a emigrar e muitos deles são sujeitos a trabalho escravo em outros países europeus, como acontece em França, segundo denúncia da CGTP.


O governo português força os portugueses a emigrar e muitos deles são sujeitos a trabalho escravo em outros países europeus, como acontece em França, segundo denúncia da CGTP
 
Trabalham maioritariamente nas vindimas, noutros trabalhos agrícolas e na construção civil, recebem o salário mínimo nacional de Portugal quando lhes foi prometido cerca do triplo, são por vezes obrigados a 70 horas semanais e não têm alojamento digno desse nome.

A CGTP pediu uma reunião de urgência ao secretário de Estado das Comunidades para debater a "dramática situação" laboral que vivem os trabalhadores portugueses na região de Narbonne, no Sul de França.

"A situação passa, entre outros, pelo ostensivo incumprimento de promessas aquando da sua contratação, diretamente pelos empregadores franceses ou por engajadores de mão-de-obra nacionais e franceses", referiu a central sindical num comunicado em que anuncia o pedido de reunião com José Cesário.

Os portugueses em questão, que trabalham maioritariamente nas vindimas, noutros trabalhos agrícolas e na construção civil, "têm vindo a ser pagos em muitos casos com o salário mínimo nacional de Portugal quando lhes foi prometido cerca do triplo, trabalhando por vezes 70 horas semanais e não tendo alojamento minimamente condigno", acrescenta o documento da central sindical.

"A CGT de França (União Sindical de Narbonne) e a CGTP-IN estão a desenvolver esforços conjuntos para resolver os graves problemas que estes portugueses enfrentam e para exigir o respeito pela legalidade contratual, de acordo com a legislação francesa e europeia sobre os direitos dos cidadãos europeus que trabalham noutro país da UE", escreve a CGTP, na carta enviada ao governante português.

O secretário de Estado José Cesário admitira em 26 de Outubro à agência Lusa a necessidade de o governo pedir à Inspeção do Trabalho em França uma investigação sobre casos de escravatura de portugueses no sudoeste do país.

Três portugueses que foram para França trabalhar sazonalmente para vinhas na região de Narbonne moveram uma ação contra a entidade empregadora, num caso que o sindicato local qualifica como "escravatura moderna". Os três trabalhadores contactados em Portugal para trabalhar numa zona agrícola em França acabaram por trabalhar mais horas e receber menos do que o inicialmente prometido, e foram instalados em condições muito precárias, segundo relataram à Lusa.

O caso está em tribunal e os trabalhadores receberam apoio do sindicato geral de trabalhadores (CGT) de Narbonne, porque não tinham casa e encontram-se desempregados há alguns meses, à espera do desfecho da ação judicial, previsto para dia 14.

As promessas eram de um salário de 700 euros por mês, menos cerca de 400 euros que o ordenado mínimo francês, com comida e alojamento incluídos, por 35 horas de trabalho semanais.

O alojamento prometido era partilhado entre "dez adultos e duas crianças", numa casa com uma casa de banho, onde "só podiam tomar banho de dois em dois dias", segundo os portugueses contactados pela Lusa. Acabaram por ser forçados a trabalhar vinte e quatro dias consecutivos, sem folgar, até cerca de dez horas por dia, recebendo menos de metade do acordado.

"O PEDRO AFADIGADO"


Claro que o Pedro não está interessado voltar à vida política... O Pedro faz muito bem. O Pedro desempregado o "Pedrito" Passos Coelho conseguiu-lhe um lugarzito de provedor na Santa Casa Misericórdia de Lisboa onde o Pedro vive uma constante azáfama. O Pedro está velho e deixou de ser aquele "gajo" impressionistas, tipo galã de cinema e um engatatão de gajas bués para caraças. O Pedro nunca fez "porra" nenhuma na vida e é um produto do sr. Silva de Boliqueime. O futuro do Pedro está na misericórdia de Lisboa onde até pode ficar o resto da vida.


Santana pede aos decisores políticos que ouçam quem está no terreno

Joana França Martins/ Pedro Pena
O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa diz, em entrevista à agência Lusa, que algumas decisões são tomadas sem se medirem as consequências. Quanto ao futuro, Pedro Santana Lopes exclui o regresso à vida política nos próximos tempos, por ter muito que fazer na Santa Casa.

AS BOCAS DO PORTAS O "BARDAMERDA"

.
Ora aqui está  o aumento das exportações.... foi graças ao Paulo Portas que "vendeu" carne, tomate e cerejas portuguesas ao Japão

Portugal tem data marcada para terminar programa de assistência, afiança Portas


Cristina Sambado, RTP
Paulo Portas garante que Portugal está a dias de sair da recessão técnica. Segundo o vice-primeiro-ministro o país “tem uma data marcada para finalizar” o programa de ajustamento e “não uma determinada taxa de juro”, acrescentando que os “sinais que a economia portuguesa tem revelado são bons”.